Segunda-feira, 22 de abril de 2024
informe o texto

Notícias | Legislativo

Beto defende “mudança radical” para Cuiabá independente de nome escolhido pelo União

CUIABÁ

21/02/2024 - 20:21 | Atualizada em 01/03/2024 - 08:53

Andhressa Barboza

Beto defende “mudança radical” para Cuiabá independente de nome escolhido pelo União

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O deputado Beto Dois a Um (PSB) reforçou a importância do alinhamento entre o futuro prefeito da capital e o governador Mauro Mendes (UB) para a construção de um projeto capaz de "resgatar" a Prefeitura de Cuiabá e afirmou que, independente do nome escolhido pelo União Brasil, a futura gestão deve promover “mudança radical”. Vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa, Beto comentou a decisão do governador sobre a pré-candidatura de Eduardo Botelho (UB) e garantiu que Fábio Garcia (UB) deve seguir na Casa Civil, pois vem executando o trabalho “com maestria”.

“Sempre deixei clara a minha opinião de que Cuiabá precisa de uma mudança radical e tanto Fábio quanto Botelho podem fazer isso. O governador é meu líder político, sou vice-líder do Governo, faço parte desse grupo e sempre deixei claro que estaria junto do candidato do Mauro. Ele tinha sinalizado que o nome seria Fábio, que é excelente, preparado, pronto para ser prefeito. Mas o União Brasil tem o privilégio de ter grandes nomes, assim como Eduardo Botelho e a decisão do governador de seguir com ele, também será a minha”, explicou o deputado ao ser questionado pela imprensa, nesta quarta (21).

O parlamentar avalia que o projeto político para a Prefeitura de Cuiabá deve levar em conta a importância de unir esforços para “resgatar” as contas públicas, cuja déficit deve ultrapassar o montante de R$ 1 bilhão. Para tanto, ele acredita ser importante o alinhamento entre a Prefeitura e o Governo do Estado, trabalhando no mesmo sentido. Nessa linha, defende que Fabio Garcia siga na Casa Civil.

“Falei com o governador e com o Fábio e ele segue fazendo o brilhante trabalho à frente da Casa Civil, onde está há quase 10 meses. Ele recebeu uma herança maravilhosa do Mauro Carvalho, que deixou a Casa Civil redonda, e vem fazendo com maestria uma relação muito boa com os Poderes, mesmo com um período intenso de negociações. Nunca deixou questões políticas falarem mais alto e a Casa Civil está em boas mãos”, afirmou.

Em relação a questionamentos sobre possíveis nomes para vice na chapa encabeçada por Eduardo Botelho, Beto defende que o seu partido, o PSB, participe dessa conversa. “O PSB é  um partido grande, engajado, temos deputado e suplentes com base em Cuiabá. Quero estar dentro do projeto para a prefeitura e ajudar a fazer a mudança que a gente acredita”, finalizou.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet