Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024
informe o texto

Notícias | Cidades

Advogado e empresário do agro são presos por suspeita de fraude no ICMS

Prejuízos aos cofres públicos ultrapassam os R$ 370 milhões

31/01/2024 - 10:46 | Atualizada em 01/02/2024 - 09:37

Da Redação

Advogado e empresário do agro são presos por suspeita de fraude no ICMS

Foto: Divulgação/PJC

Um advogado e um empresário do setor de agronegócio foram presos nesta quarta-feira (31) durante  operação que apura fraude fiscal em Mato Grosso. Um terceiro alvo da operação está foragido.

Os dois dos seis presos identificados até este momento são  Bruno Cicaroni Alberici, 37, e o advogado Elisandro Nunes Bueno, 46.  Bruno foi preso no condomínio Florais do Vale e Elisandro no Florais dos Lagos, ambos em Cuiabá.

Mário Teixeira Santos da Silva, Solange da Silva Lima e Edenilson Balbino Costa são os demais alvos de mandado de prisão.

Os presos foram encaminhados para o Ministério Público do Estado, onde devem ser ouvidos.

As operações foram deflagradas hoje pela Defaz e MP, denominadas Déjà Vu e Odisseia, com mandados de prisão e busca e apreensão deferidos pelo Núcleo de Inquéritos Policiais (Nipo), que autorizou ainda o sequestro de bens dos investigados. Os mandados são cumpridos em Mato Grosso, no Pará e Paraná.

Segundo a investigação, dois grupos criminosos causaram prejuízos aos cofres públicos que ultrapassam os R$ 370 milhões, por meio de diversas fraudes fiscais relacionadas ao ICMS.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet