Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Jurídico

Soberano, conselheiro 'Deus' intocável

20/08/2012 - 12:11

Valdemir do site 24horasnews

Prezados leitores, me ajudem a atender uma coisa: o porquê de tanto interesse de um cidadão querer ir para o Tribunal de Contas do Estado de MT?
 
Será que e pelo salário, que segundo informações são de aproximadamente de R$ 20 mil, mensais ou simplistamente pelo status, de vestir a toga de conselheiro.

Na minha humilde opinião, os conselheiros do TCE deveriam ser pessoas técnicas, com grande conhecimento nas áreas administrativas como: contabilistas e economista, pessoas que de fato possam julgar as contas de uma Prefeitura.
 
Não consigo entender como um cidadão, ao ser indicado como Conselheiro se torna intocável, praticamente um “Deus” soberano diante de todas as coisas e pessoas. Assim que devidamente empossado ao ser tornar membro do egrégio “Poder”, ninguém consegue tirar esse cidadão de dentro do TCE.
 
Nós deveríamos também fazer com que se um conselheiro não está de acordo com os seus trabalhos, ou, enfrenta problemas com a Justiça, também deveria ser cassado, tirado de onde ele está.
 
Indicação da Assembleia, eu não concordo... Mesmo que o TCE seja órgão auxiliar na fiscalização do Legislativo.
 
Indicação do Governo do Estado, eu também não concordo...
 
Passar o cargo de conselheiro de pai para um filho no TCE, além de não concordar, acho sujo e IMORAL, mas...
 
TCE não pode ser uma caixa preta, onde ninguém sabe o que acontece dentro dela, há alguns dias o tribunal começou a colocar na página na internet os salários, e despesas de seus funcionários, numa tentativa de cumprir a Lei de Acesso à Informação, no entanto, o que se vê nos balancetes divulgados é pouco perto do que existe realmente nos gabinetes nos conselheiros. É certo que  população não entende as informações repassadas.
 
O povo assim como eu, quero entender o porquê de tanta briga ou interesse de alguém querer ir para o Tribunal de Contas.
 
Caro leitores... Confesso que vou falar com o Governador Silval Barbosa e me colocar a disposição para uma vaga no Tribunal de Contas, quem sabe surge, eu consiga ser o primeiro conselheiro-jornalista.

Já que tá fácil ingressar no TCE e qualquer um que bate a porta do Governo consegue, não custa tentar, né.

Se for indicado prometo contar tudo.

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet