Segunda-feira, 6 de dezembro de 2021
informe o texto

Notícias | Legislativo

Deputado-pastor da oração da propina é foragido

26/05/2012 - 09:42

Redação

A polícia Civil do Distrito Federal cumpriu nesta sexta-feira mandato de prisão contra o ex-deputado distrital Júnior Brunelli, conhecido pelo episódio da ‘oração da propina‘. Como Brunelli não foi encontrado até o momento, ele é considerado foragido pela polícia. O político é acusado pelos crimes de peculato, formação de quadrilha, uso de documentação falsa e lavagem de dinheiro. Ele é suspeito do desvio de mais de R$ 1,7 milhão em emendas parlamentares. Júnior Brunelli renunciou ao mandato em março de 2010, depois de aparecer em um dos vídeos da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, fazendo uma oração em agradecimento a uma suposta propina.

‘‘Pai, quero te agradecer por estarmos aqui, sabemos que nós somos falhos, somos imperfeitos, mas é o teu sangue que nos purifica. Pai, nós somos gratos pela vida do Durval ter sido instrumento de bênção para nossas vidas, para essa cidade. Tantas são as investidas, Senhor, de homens malignos contra a vida dele, contra nossas vidas. Nós precisamos da Tua cobertura e dessa Tua graça, da Tua sabedoria, de pessoas que tenham, Senhor, armas para nos ajudar essa guerra. Acima de tudo, Senhor, todas as armas que podem ser falhas, todos os planejamentos podem falhar, todas as nossas atividades, mas o Senhor nunca falha‘‘, dizia o ex-parlamentar no vídeo da oração.