Sábado, 19 de Agosto de 2017

Governo de MT confirma repasse de mais R$ 25 milhões para a saúde | Caldeirão Político

Executivo

Segunda-Feira, 12 de Junho de 2017, 17h:50

SAÚDE

Governo de MT confirma repasse de mais R$ 25 milhões para a saúde

Rose Velasco

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) concluiu no período de 5 a 9 de junho mais outro repasse para diversos serviços de saúde, totalizando R$ 100 milhões. Desde o dia 24 de maio o Governo vem intensificando os repasses semanalmente com recursos próprios da Fonte 134 do Estado, além de mais R$ 5.466.254,96 da União, oriundos da Fonte 112.

Apenas da Fonte 134, foram repassados na semana passada mais R$ 20.450.865,84. Esses pagamentos foram feitos para os serviços de média e alta complexidade (MAC) do mês de março de 2017, no montante de R$ 6.255.000,00; para a atenção básica, referente ao mês de abril de 2017, no valor de R$ 4,7 milhões; os repasses fundo a fundo (aos municípios) no valor total de R$ 11.424.633,62; e ainda para pagar os serviços de saúde realizados na 6ª edição da Caravana da Transformação em Porto Alegre do Norte, no valor de R$ 1.130.000,00.

Esse balanço de repasses é parcial, pois o governo vem fazendo os pagamentos semanalmente e de acordo com a conclusão dos processos administrativos no setor financeiro. Nesta semana a SES/MT deverá receber outros processos de pagamentos relativos ao mês de maio que estavam pendentes de certidões por parte dos fornecedores e que começam a ser enviados pelas unidades de saúde, a partir desta segunda-feira, dia 12.

União

A secretaria de Estado de Saúde repassou aos hospitais regionais também os recursos da Fonte 112, do governo Federal, para pagamentos de folha de salários do mês de maio dos funcionários contratados, sendo que cada unidade recebeu o valor de R$ 700 mil; e o Hospital Regional de Sinop recebeu para custeio R$ 2,2 milhões, também da fonte 112.

“O governo do Estado está cumprindo o compromisso com a saúde, em um esforço financeiro para atingir a meta que é a de regularizar os passivos. Para tanto, vem dialogando com os setores da economia e com a classe política estadual e federal, para definir uma fonte alternativa de recursos para a saúde”. Informou o secretário de Saúde, Luiz Soares”.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO