Quinta-Feira, 24 de Maio de 2018

Cidades

Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 13h:20

SAÚDE

Primeira cirurgia neurológica realizada no hospital São Benedito durou 10 horas

A retirada total do tumor aconteceu no dia 23 de janeiro, com duração de 10 horas e nesta sexta-feira (09) o paciente já receberá alta hospitalar

Oziane Rodrigues

Arquivo

Em Cuiabá mais um grande marco histórico foi realizado pelo Hospital Municipal São Benedito. Trata-se da primeira neurocirurgia minimamente invasiva e de alta complexidade, realizada em Mato Grosso para a retirada de um tumor cerebral chamado schwannoma vestibular. Além das fortes dores na cabeça, a anomalia havia causado paralisia facial no primaverense Israel Silva, de 49 anos, devido uma lesão expansiva do ângulo ponto-cerebelar e já estava danificando outras funções motoras, que poderiam culminar em paralisia total, caso não fosse operado.

A retirada total do tumor aconteceu no dia 23 de janeiro, com duração de 10 horas e nesta sexta-feira (09) o paciente já receberá alta hospitalar, totalmente curado do tumor. De acordo com o neurocirurgião responsável técnico pela neurocirurgia do hospital São Benedito, Jony Soares Ramos embora o sucesso da cirurgia tenha sido notado desde as primeiras horas pós cirúrgicas, por se tratar de uma neurocirugia de grande porte, o paciente foi mantido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por 14 dias para acompanhamentos de praxe e mais dois dias na enfermaria do hospital.

Jony ressaltou que o sucesso da cirurgia só foi possível porque a atual gestão municipal fez a aquisição de equipamentos de alta qualidade, incluindo a compra do melhor microscópio da atualidade  no mundo. “Conseguimos reunir equipamentos com o mais elevado padrão de qualidade existente na atualidade para que este feito inédito acontecesse. Entre eles o aspirador ultrassônico, monitorização neurofisiológica de nervos cranianos, monitorização hemodinâmica com Doppler precordial, drill e trépano de alta rotação, sistema de vídeo endoscopia e o melhor microscópio de tecnologia alemã da atualidade. Além disso, contamos com uma equipe multiprofissional altamente capacitada, o que foi primordial para o sucesso da cirurgia”, destacou o neurocirurgião.

Segundo o diretor geral do Hospital Municipal São Benedito, Dr. Huark Douglas, com o microscópio, que teve o custo de aproximadamente R$ 700 mil, aliado aos demais equipamentos de última geração existentes na unidade, a unidade hospitalar passará a fazer diversas cirurgias neurológicas de alta complexidade com o mínimo de impacto para os pacientes. Ele ressaltou que tudo isso é fruto da meta de humanização instituída pelo prefeito Emanuel Pinheiro para a Saúde.

"Essa cirurgia é mais um divisor de águas que demonstra os esforços contínuos da Secretaria Municipal de Saúde para humanizarmos ainda mais nossos serviços. E o São Benedito, que já é referência em atendimento, vem cumprindo à risca as determinações do prefeito, dentro e fora da sala de cirurgia. Com isso, além de continuarmos levando o melhor atendimento à população cuiabana e mato-grossense, nos equiparamos a partir desse marco histórico, aos melhores hospitais do país”, frisou o diretor.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro a conquista do hospital é resultado de um intenso empenho em atender aos anseios da população que precisa do Sistema Único de Saúde da Capital. “Este é mais um resultado positivo que colhemos de uma força-tarefa realizada pela secretária de Saúde, Elizeth Araújo para reestruturarmos as unidades e assim, termos condições de levar o melhor atendimento à população cuiabana e a todos que buscam aqui a cura para suas enfermidades. Queremos ofertar qualidade, tranqüilidade, confiança e segurança a todos aqueles que contam com a saúde pública da nossa querida Cuiabá. Saber que uma pessoa poderá voltar a sua rotina de vida normal e ainda ter o nosso hospital público como referência brasileira às vésperas dos 300 anos da Capital é sinal de que estamos no caminho certo e um orgulho para todos nós”, enfatizou o prefeito.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO