Imprimir

Imprimir Notícia

21/11/2022 - 09:31 | Atualizada: 21/11/2022 - 16:07

PRF: MT tem 7 pontos de interdição parcial e 4 bloqueios nas rodovias federais

A polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso acaba de atualizar a situação das rodovias federais no estado na manhã desta segunda-feira (21). São 4 bloqueios totais e 7 interdições parciais, segundo a corporação.

Desde o dia 18/11 empresários do setor de transportes convocaram bloqueios nas rodovias como represália às multas aplicadas a caminhões e pessoas físicas suspeitas de financiar atos antidemocráticos, pedindo a anulação das eleições e intervenção militar no país.

Ontem (20) o MPF e MPMT recomendaram ao governador em exercício, Otaviano Pivetta, que requisite apoio da Força Nacional e autorize a Polícia Militar a dar apoio à PRF, que já opera com capacidade máxima. O prazo termina às 12h desta segunda-feira.

Mato Grosso é o estado com maior número de protestos, com registro de atos violentos, como ataque armado a uma base da concessionária Rota do Oeste, na BR-163, em Lucas do Rio Verde. Homens encapuzados atiraram contra veículos e atearam fogo em um guincho e uma ambulância. Os manifestantes estão derrubando árvores para interromper o tráfego, ameaçando motoristas que insistem seguir viagem, despejando cargas no asfalto e atirando para o alto.

Segundo apontado pelo MPF e o MPMT, o direito à manifestação é constitucional, mas passa a ser crime quando manifestantes pedem intervenção do Exército e anulação das eleições legítimas e auditadas.

Bloqueio total (4)

BR-163
Km 691 em Lucas do Rio Verde

BR-364
Km 877 em Campo Novo do Parecis
Km 1125 em Sapezal
Km 1176 em Campos de Júlio

Interdição parcial (7)

BR-163
Km 598 em Nova Mutum

BR-150
Km 35 em Vila Rica
Km 139 em Confresa
Km 565 em Água Boa

BR-174
Km 380 em Conquista D'Oeste
Km 485 em Comodoro

BR-364
Km 614 em Diamantino


Imagem
 
 Imprimir