Imprimir

Imprimir Notícia

11/09/2021 - 08:19 | Atualizada: 15/09/2021 - 07:04

Sergio Moro: "O resultado da omissão é a impunidade"

Em artigo na Revista Crusoé, intitulado 'A Corte Superior Anticorrupção' Sergio Moro, intitulado reafirma a integridade da Operação Lava Jato.

"No fundo, não houve excesso nenhum - apenas a novidade da aplicação da lei a casos de grande corrupção, para o espanto daqueles acostumados com a impunidade".

A questão posta - quem vigia os vigilantes - alerta para a outra perspectiva, a da omissão dos vigilantes. "Agentes da lei, encarregados de investigar crimes, formular acusações e julgar processos, deixariam de atuar conforme exigido por seu ofício. Em casos criminais, o resultado da omissão é a impunidade, o que é bastante grave".

Sergio Moro não cita nomes, mas o leitor sabe exatamente quais 'vigilantes' brasileiros dão claros sinais de omissão, a começar pelo Procurador-Geral da República Augusto Aras. Conhecido como 'engavetador', sua atuação se assemelha mais à de advogado de defesa do Presidente Jair Bolsonaro. Aras comandou o desmonte da Lava Jato atendendo o desejo de Jair Bolsonaro.

No STJ e STF também há indivíduos 'engavetadores', 'advogados de defesa' e críticos ferrenhos da Lava Jato, que chegou perto, muito perto de alguns intocáveis do Judiciário.

Leia aqui a íntegra do artigo na Crusoé
 
 
 Imprimir