informe o texto

Notícias | Brasil

Fraude no cartão-vacina: PF mira ex-prefeito e ex-secretária de Saúde

OPERAÇÃO VENIRE

04/07/2024 - 07:54 | Atualizada em 05/07/2024 - 12:42

Redação

Fraude no cartão-vacina: PF mira ex-prefeito e ex-secretária de Saúde

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (4/7), a segunda fase da Operação Venire, que apura a existência de associação criminosa responsável por crime de inserção de dados falsos de vacinação contra a Covid-19 no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) e da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), ambos do Ministério da Saúde.

Na atual fase são cumpridos mandados de busca e apreensão emitidos pelo Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria-Geral da República, contra agentes públicos vinculados ao município de Duque de Caxias/RJ, que seriam responsáveis por viabilizar a inserção de dados falsos de vacinação contra a Covid-19 naqueles sistemas para favorecer o ex-presidente Jair Bolsonaro. A ação tem como objetivo, ainda, buscar a identificação de novos beneficiários do esquema fraudulento.

Ao todo, são cumpridos dois mandados, nas cidades do Rio de Janeiro/RJ e Duque de Caxias/RJ.

Alvos
  • Célia Serrano, ex-secretária de saúde de Duque de Caxias
  • ex-prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB)
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet