informe o texto

Notícias | Jurídico

Operação Churrascada apura venda de decisões judiciais por desembargador da área criminal

20/06/2024 - 08:42 | Atualizada em 20/06/2024 - 19:10

Redação

Operação Churrascada apura venda de decisões judiciais por desembargador da área criminal

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (20/6) a Operação Churrascada, com o objetivo de avançar em uma investigação que apura indícios de corrupção por meio da venda de decisões judiciais por um desembargador da área criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo

Sob determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), mais de 80 policiais federais cumpriram 17 mandatos de busca e apreensão em endereços na capital e no interior de SP.

Alvos
  • Ivo de Almeida, da 1ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo,
  • e dois advogados de Ribeirão Preto são alvos de mandados de busca e apreensão da 'Operação Churrasco' da Polícia Federal, nesta quinta (20). Reportagem tenta contato com magistrado e sua defesa.
                                                                                                                         Desembargador Ivo Almeida - TJSP

A Operação Churrascada é um desdobramento da Operação Contágio, deflagrada em 2021 pela Polícia Federal de São Paulo, que desarticulou uma organização criminosa responsável pelo desvio de  verba pública da área de saúde.

O nome da operação, "Churrascada", faz referência ao termo "churrasco" utilizado pelos investigados para indicar o dia do plantão judiciário do magistrado.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet