informe o texto

Notícias | Executivo

Comandantes das Forças Armadas pedem que Bolsonaro mande apoiadores de volta para casa

Comandante da Marinha foi autorizado a tomar providências para a posse de Lula

25/11/2022 - 11:30 | Atualizada em 26/11/2022 - 07:57

Redação

Comandantes das Forças Armadas pedem que Bolsonaro mande apoiadores de volta para casa

Comandante da Marinha, Almir Garnier Santos

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Os comandantes da Marinha, Exército e Força Aérea se reuniram com o presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira (24). Durante a reunião, eles pediram que o presidente se dirija com clareza a apoiadores que estão acampados na frente dos quartéis pedindo a intervenção militar e peça que voltem para casa.

A demanda inconstitucional dos bolsonaristas causam constrangimento às Forças Armadas.

Segundo a rede de TV CNN, dois comandantes disseram que o movimento de apoiadores "não tem base legal" ee os três concordam que é "inócuo".

Ainda segundo apurado pela CNN, o movimento tem sido incentivado por militares descontentes com o resultado das eleições e "estariam gerando problemas de segurança e discussões internas dentro das corporações. Uma vez que, segundo fonte que participou do encontro, militares inconformados com o resultado das urnas estariam fomentando os protestos, com a participação de parentes e amigos".

Bolsonaro ouviu, mas não se manifestou. 

Na mesma reunião o presidente autorizou ​ a Força Aérea a iniciar as tratativas para segurança do espaço aéreo no dia da posse de Lula da Silva. E a Marinha o preparo das honras a chefes de Estado no Itamaraty.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet