Segunda-feira, 27 de junho de 2022
informe o texto

Notícias | Legislativo

Máscara de Bolsonaro caiu, nem mesmo os caminhoneiros estão suportando, avalia liderança da frente

FRENTE NACIONAL EM DEFESA DO CAMINHONEIRO AUTÔNOMO E CELETISTA

12/05/2022 - 09:17 | Atualizada em 12/05/2022 - 12:54

Redação

Máscara de Bolsonaro caiu, nem mesmo os caminhoneiros estão suportando, avalia liderança da frente

Foto: Reprodução

Nem mesmo os caminhoneiros estão suportando mais o governo de Bolsonaro.

O deputado Nereu Crispim (União-RS), presidente da Frente Nacional em Defesa do Caminhoneiro Autônomo e Celetista, fez dura crítica à demissão do general Bento Albuquerque do Ministério de Minas e Energia e sua substituição pelo economista Adolfo Saschida. De acordo com Nereu Crispim, os caminhoneiros não acreditam mais no presidente Jair Bolsonaro.

“O presidente Jair Bolsonaro demitiu mais um de seus fantoches que se sujeitam a participar do teatro Petrobras”, disse Crispim. “Ele tenta fazer o papel de bonzinho ajeitando um boi de piranha a cada aumento dos combustíveis e do gás de cozinha”, continua.

Para Crispin, Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, são os grandes responsáveis pelos aumentos, destinados, segundo ele, a favorecer “investidores internacionais” e “banqueiros abastados”. E ficam, com as demissões, tentando “responsabilizar terceiros”.

“A máscara já caiu para os caminhoneiros e logo cairá para o povo Brasileiro!”, afirma o deputado. Segundo ele, Bolsonaro “se transformou no pai da miséria, da fome, da desigualdade e da quebradeira dos caminhoneiros autônomos do Brasil”.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet