Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Malagueta

QUEM PLANTA COLHE: DEPOIS DE PLANTAR ÓDIO, FAKE NEWS, VIOLÊNCIA, ESTÁ COLHENDO

'GRIPEZINHA', 'PAÍS DE MARICAS': AS FRASES DE BOLSONARO

06/01/2022 - 11:53 | Atualizada em 06/01/2022 - 15:52

Cícero Henrique

QUEM PLANTA COLHE: DEPOIS DE PLANTAR ÓDIO, FAKE NEWS, VIOLÊNCIA, ESTÁ COLHENDO

Foto: Reprodução

Desde o início do governo Bolsonaro, ele desrespeitou todo mundo, falou só asneiras, que ia fechar a TV Globo (fechou?), falou mal da imprensa e incentivou violência contra os jornalistas. Além disso, ofendeu jornalista mulher (covardia).

Ofendeu até mesmo os mortos e seus parentes enlutados.

Nao teve respeito e postura da liturgia do cargo de presidente da República.

Até parece que Bolsonaro foi criado no chiqueiro, porque nada que ela fala ou faz presta e tem sentido.

Agora, o alienado quer dar uma de vítima, não é vítima, ele é o causador disso tudo, agora tem que aguentar as ofensas quieto e de cabeça baixa. As ofensas contra Bolsonaro são razoáveis e com sentido.

Quem planta colhe, agora ele está colhendo, que beleza!

Quem quer respeito, tem que se dar ao respeito.

Confira algumas de suas frases:

Vírus "superdimensionado"

"Está superdimensionado o poder destruidor desse vírus. Talvez esteja sendo potencializado até por questões econômicas" (quando o Brasil registrava 25 casos, sem nenhuma morte)

"Histeria"

"Olha, a economia estava indo bem... Esse vírus trouxe uma certa histeria. Tem alguns governadores, no meu entender, eu posso até estar errado, mas estão tomando medidas que vão prejudicar muito a nossa economia" (dia seguinte à primeira morte no país)

"Gripezinha"

"Para 90% da população, isso vai ser uma gripezinha ou nada" (com menos de 100 mortos)

"Começando a ir embora"

"Parece que está começando a ir embora essa questão do vírus" (com 1,2 mil mortos)

"E daí?"

"E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre" (em referência a seu sobrenome, quando havia quase 5 mil mortos)

"País de maricas"

"Tudo agora é pandemia, tem que acabar com esse negócio, pô. Lamento os mortos, lamento. Todos nós vamos morrer um dia, aqui todo mundo vai morrer. Não adianta fugir disso, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um país de maricas" (com 163 mil mortos)

"Se você virar um jacaré"

"Se você virar um jacaré, é problema seu. Se você virar Super-Homem, se nascer barba em alguma mulher aí, ou algum homem começar a falar fino, eles (Pfizer) não têm nada a ver com isso." (sobre possíveis efeitos colaterais das vacinas, com 185 mil mortos)

Máscaras "prejudiciais"

"Começam a aparecer estudos aqui (...) sobre o uso de máscara, que, num primeiro momento aqui, uma universidade alemã fala que elas são prejudiciais a crianças e levam em conta vários itens aqui como irritabilidade, dor de cabeça, dificuldade de concentração, diminuição da percepção de felicidade, recusa em ir para a escola ou creche, desânimo, comprometimento da capacidade de aprendizado, vertigem, fadiga" (com 250 mil mortos)

Pandemia "usada politicamente"

"Não vamos chorar o leite derramado. Estamos passando ainda por uma pandemia, que em parte é usada politicamente não para derrotar o vírus, mas para tentar derrubar o presidente" (com 340 mil mortos)

Hidroxicloroquina

"Fui acometido do vírus e tomei a hidroxicloroquina. Talvez eu tenha sido o único chefe de Estado que procurou remédio para esse mal. (...) Não vou esmorecer, sou cabeça dura, sou perseverante" (com 484 mil mortos).

Em 2022, como sempre, falará asneiras.

A única saída é eleger qualquer outro nome para presidente, e não reeleger essa desgraça que está acabando com o País.
 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet