Sexta-feira, 21 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Cidades

Em duas semanas, VG registrou 26.657 pessoas com sintomas de SRAG

04/01/2022 - 16:54 | Atualizada em 04/01/2022 - 16:57

Redação

Em duas semanas, VG registrou 26.657 pessoas com sintomas de SRAG

Foto: Assessoria

Várzea Grande atendeu 26.657 pessoas em 14 dias, entre 20 de dezembro de 2021 até 02 de janeiro de 2022 com sintomas de SRAG – Síndrome Respiratória Aguda Grave, decorrentes principalmente da Gripe Influenza H3N2 nas UPAs IPASE e Cristo Rei.

Estes números demonstram um considerável aumento nos casos e como Várzea Grande atende pelo Sistema Único de Saúde – SUS, sem custos e porta aberta, ou seja, quem procura as unidades recebe atendimento, exames e medicamentos, entre 52% a 59% dos atendimentos realizados, dependendo do dia da semana, são de pacientes de outras cidades, outros Estados e até mesmo de países vizinhos com quem o Brasil faz fronteira.

Desde que houve um crescimento no número de casos, o município determinou o reforço nas equipes médicas, de enfermeiros e técnicos e destinou quatro unidades para atendimento destes casos, as UPAs IPASE e Cristo Rei, as Clínicas da Família do Jardim Glória e do 24 de Dezembro, além do Hospital Pronto Socorro Municipal, sendo este último e as duas UPAs, unidades que funcionam 24 horas por dia.

Neste período de fim de ano foram realizados atendimentos acima da capacidade das unidades de saúde de Várzea Grande.

O aumento nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG, fez com que a área de Saúde Pública de Várzea Grande redobrasse a atenção e o controle para a COVID-19 que também é uma síndrome respiratória e ceifou muitas vidas, e apesar de estar sob controle no Brasil, tem feito mais de 1,5 milhão de casos novos por dia em todo o Mundo.

A secretaria municipal de Saúde reforça a necessidade das pessoas manterem os meios de biossegurança, como uso de máscara, álcool em gel, distanciamento social e principalmente evitar aglomeração, pois tanto a Síndrome Gripal como o Ômicron, que é a nova cepa da COVID demonstram rápida propagação em que pese menor letalidade, mas com a propensão de haver piora de quadro de saúde se o paciente tiver outras comorbidades como pressão alta, insuficiência respiratória ou cardíaca, diabetes entre outras enfermidades.

VACINAÇÃO

Várzea Grande está reabrindo o Ginásio Poliesportivo Júlio Domingos de Campos, o Fiotão, e também aplica doses em 16 Unidades de Saúde. 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet