Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Cidades

Técnica de Enfermagem de 33 anos é vítima de feminicídio em Várzea Grande; filha assistiu tudo

Vítima tinha medida protetiva e foi morta na frente da filha

06/12/2021 - 08:45 | Atualizada em 06/12/2021 - 13:26

Redação

Técnica de Enfermagem de 33 anos é vítima de feminicídio em Várzea Grande; filha assistiu tudo

Foto: Reprodução

Um homem de 36 anos foi autuado em flagrante pela Polícia Civil, na noite deste domingo (05.12) pelo crime de feminicídio cometido contra sua ex-mulher, de 33 anos, e pela tentativa de homicídio contra o ex-sogro, de 67 anos, no bairro Jardim Glória 1, em Várzea Grande. Os crimes foram presenciados pela filha do casal, de 12 anos.

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada no início da noite de domingo sobre a ocorrência de um homicídio. Ao chegar na residência, os policiais civis encontraram a técnica de enfermagem, Franciele Robert da Silva, de 33 anos, em um quarto nos fundos da casa. O corpo tinha várias perfurações de arma perfurocortante.

Conforme as informações colhidas no local, o autor do crime chegou à residência do pai da vítima neste domingo, pelos fundos, e forçou a entrada na casa. Ele entrou em luta corporal com o idoso e o feriu gravemente. Depois, foi até o quarto onde a vítima tentava se esconder junto com a filha de 12 anos e arrombou a porta, desferindo os golpes contra a técnica de enfermagem.

Franciele estava separada do suspeito e tinha uma medida protetiva em virtude das ameaças que ele já havia feito contra ela e os filhos.

Após cometer os crimes, o suspeito se feriu e disse que havia tentado contra a própria vida. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e, depois de atendido no Pronto-socorro de Várzea Grande, foi encaminhado pela Polícia Militar até a DHPP.

O autor dos crimes foi autuado em flagrante por feminicídio e tentativa de homicídio. O delegado Olímpio da Cunha Fernandes Jr. encaminhou representação ao Poder Judiciário pela conversão do flagrante em prisão preventiva, que deverá ser analisada na audiência de custódia.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet