Terça-feira, 7 de dezembro de 2021
informe o texto

Notícias | Cidades

Comandante aborta decolagem e passageiros ficam feridos durante evacuação de emergência

25/11/2021 - 11:42

Da Redação

Comandante aborta decolagem e passageiros ficam feridos durante evacuação de emergência

Foto: Reprodução

O comandante do voo 2751, da Azul, que sairia do Aeroporto Marechal Rondon em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá-MT) às 2h (horário local) e chegaria em São Paulo às 5h05, abortou a decolagem e os passageiros e tripulação precisaram desembarcar pelo escorregador de emergência. Houve pânico e alguns passageiros se feriram.

Por meio de nota a Azul Linhas Aéreas confirmou que a aeronave, um Air Bus 320, que realizaria o voo Cuiabá-Guarulhos teve sua decolagem abortada após ser identificada uma pane na aeronave, tendo o comandante do voo realizado o procedimento padrão previsto para esse tipo de situação.

"Os clientes evacuaram a aeronave por meio das saídas de emergência do avião. A Azul destaca que está prestando todo o apoio necessário aos clientes, lamenta o ocorrido e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações", diz a nota.

Passageiros relataram problemas com o escorregador traseiro, que não abriu completamente. Os passageiros tiveram que sair pelo escorregador dianteiro.

Ainda segundo relatos, o pânico começou depois que uma tripulante disse que o avião poderia explodir. 

“A comissária apareceu gritando, mandando todo mundo sair pela saída de emergência. O pessoal começou a empurrar e eu estava com uma criança. Todo mundo desceu pelo escorregador, atrás da turbina. Eu deixei meu bebê e voltei para pegar minha esposa e ela caiu e se machucou. Uma outra mulher quebrou o pé e uma grávida passou muito mal. Tinha apenas uma ambulância”, disse o passageiro Wenderson Campos. 

“O atendimento do Samu e do Corpo de Bombeiros demorou muito. O pessoal não sabia o que tinha acontecido e não sabia passar para nós o que estava acontecendo. Os funcionários da Azul tentaram ajudar, separar quem estava mais machucado, mas até o momento ninguém ligou para passar nada para nós”, disse a esposa de Wenderson, Natalya.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet