Terça-feira, 7 de dezembro de 2021
informe o texto

Notícias | Executivo

Sara Winter sobre Bolsonaro: “Se ele pedir, os bolsonaristas comem merda”

ALIENADOS

21/11/2021 - 09:31

Redação

Sara Winter sobre Bolsonaro: “Se ele pedir, os bolsonaristas comem merda”

Foto: Reprodução

Na última sexta-feira (19), a ativista Sara Winter, 29 anos, revelou detalhes de sua relação com o governo Bolsonaro e as articulações do “Acampamento dos 300”, instalado em maio de 2020, em Brasília. Em entrevista à ISTOÉ, a ativista apontou nomes de parlamentares, ministros e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na orientação para atacar a imprensa, o Supremo Tribunal Federal (STF) e, o então presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

A ex-defensora de Bolsonaro se declara desiludida com o presidente. Entre os motivos da indignação, a censura dentro do bolsonarismo, a falta de apoio e uma dívida de mais de R$ 3 milhões, referente à processos judiciais. A ativista se diz arrependida de ter feito o acampamento. “Não tem mais como defender Bolsonaro. Mas se ele pedir para os bolsonaristas comerem merda, as pessoas vão comer”.

Sara não revelou quem teve a ideia dos ataques e afirmou que a iniciativa do acampamento partiu dela e de Osvaldo Eustáquio “que se transformou numa histeria coletiva”. No entanto, disse que diversos parlamentares como Daniel Silveira (PTB-RJ), Carla Zambelli (PSL-SP), Sargento Fahur (PSL-PR) e Bia Kicis (PSL-DF) foram muito presentes na organização do acampamento, incluindo o ministro-chefe do Gabinete de Segurança, general Augusto Heleno.

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet