Terça-feira, 30 de novembro de 2021
informe o texto

Notícias | Jurídico

Ministro diz que Investigação pode levar à inelegibilidade de Bolsonaro

03/11/2021 - 09:26 | Atualizada em 05/11/2021 - 15:55

Redação

Ministro diz que Investigação pode levar à inelegibilidade de Bolsonaro

Foto: Reprodução

O ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) Luis Felipe Salomão disse, ao programa “Em Foco”, na GloboNews, que o inquérito administrativo aberto no Tribunal Superior Eleitoral para apurar ataques do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral pode ter efeitos diretos na campanha de 2022, levando até à inelegibilidade do presidente. As informações são do blog da Andréia Sadi.

Segundo Salomão, a depender das provas colhidas, a investigação pode levar à inelegibilidade de Bolsonaro com o indeferimento do registro de sua candidatura ou, após o registro ou eleição, com a cassação de sua candidatura ou mandato.

A íntegra da entrevista com Salomão vai ao ar hoje, às 23h30, no “Em Foco’’, na GloboNews.

Até a semana passada, Salomão ocupava a corregedoria do Tribunal Superior Eleitoral e estava mergulhado na investigação das ações que pediam a cassação da chapa Bolsonaro e Mourão por disparo em massa de fake news na campanha de 2018. Essas ações foram arquivadas, mas, durante o julgamento no TSE, ministros da corte estabeleceram duras regras para 2022, definindo, por exemplo, que vai punir quem divulgar fake news em 2022, inclusive com cadeia.

Além da relatoria das ações que foram arquivadas, Salomão foi o responsável por apresentar o inquérito administrativo aberto em agosto – por unanimidade no TSE – para apurar ataques de Bolsonaro às urnas eletrônicas. É essa investigação em andamento que, segundo o ministro Salomão, pode ter desdobramentos para a campanha de Bolsonaro em 2022.

 

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet