Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Legislativo

Relatório de Renan pede o indiciamento de 81 pessoas, veja a lista

Relatório final incluiu o senador Heinze na lista de indiciados

26/10/2021 - 12:54 | Atualizada em 26/10/2021 - 19:29

Redação

Relatório de Renan pede o indiciamento de 81 pessoas, veja a lista

Foto: Reprodução

Renan Calheiros (MDB-AL) leu os nomes de 81 pessoas e empresas com pedidos de indiciamento sugeridos pela CPI. Segundo o relator, o “primeiro indiciado” é o presidente da República, Jair Bolsonaro. A relação traz ainda os nomes de seis ministros ou ex-ministros. São eles: Eduardo Pazuello, Marcelo Queiroga, Onix Lorenzoni, Ernesto Araújo, Wagner Rosário e Walter Braga Netto.

A lista inclui ainda três dos quatro filhos do presidente Jair Bolsonaro: o senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). Renan sugere ainda o indiciamento dos deputados federais Bia Kicis (PSL-SP), Carla Zambelli (PSL-SP), Carlos Jordy (PSL-RJ), Osmar Terra (MDB-RS) e Ricardo Barros (PP-PR),

O relator também recomenda o indiciamento de integrantes do gabinete paralelo, como a oncologista da Nise Yamaguchi, e de pessoas suspeitas de disseminar fake news. Entre elas, os empresários Luciano Hang e Carlos Wizard, além do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS).

— Essa CPI teve a coragem de pedir o indiciamento do presidente da República e do líder do governo. Não pode fechar os olhos com relação ao comportamento do seu colega parlamentar — afirmou Alessandro.

Veja a lista atualizada hoje 

Jair Bolsonaro;
Eduardo Pazuello;
Marcelo Queiroga;
Onyx Lorenzoni;
Ernesto Araújo;
Wagner Rosário;
Élcio Franco;
Mayra Pinheiro;
Roberto Dias;
Cristiano Carvalho;
Luiz Dominghetti;
Rafael Francisco Carmo Alves;
José Odilon Torres Silveira Junior;
Marcelo Blanco;
Emanuela Medrades;
Túlio Silveira;
Airton Antonio Soligo;
Francisco Maximiano;
Danilo Trento;
Marcos Tolentino;
Ricardo Barros;
Flávio Bolsonaro;
Eduardo Bolsonaro;
Bia Kicis;
Carla Zambelli;
Carlos Bolsonaro;
Osmar Terra;
Fabio Wajngarten;
Nise Yamaguchi;
Arthur Weintraub;
Carlos Wizard;
Paolo Zanotto;
Antônio Jordão de Oliveira Neto;
Luciano Dias Azevedo;
Mauro Luiz de Brito Ribeiro;
Walter Braga Netto;
Allan dos Santos;
Paulo de Oliveira Eneas;
Luciano Hang;
Otávio Fakhoury;
Bernardo Kuster;
Oswaldo Eustáquio;
Richards Pozzer;
Leandro Ruschel;
Carlos Jordy;
Filipe Martins;
Técio Tomaz;
Roberto Goidanich;
Roberto Jefferson;
Hélcio Bruno de Almeida;
Raimundo Nonato Brasil;
Andreia da Silva Lima;
Carlos Alberto de Sá;
Teresa Cristina Reis de Sá;
José Ricardo Santana;
Maconny Nunes Ribeiro Albernaz de Faria;
Daniella de Aguiar Moreira da Silva;
Pedro Benedito Batista Junior;
Paola Werneck;
Carla Guerra;
Rodrigo Esper;
Fernando Oikawa;
Daniel Garrido Baena;
João Paulo Barros;
Fernanda de Oliveira Igarashi;
Fernando Parrillo;
Eduardo Parrillo;
Flavio Cadegiani;
Heitor de Freire Abreu;
Marcelo Bento Pires;
Alex Lial Marinho;
Thiago Fernandes da Costa;
Regina Célia de Oliveira;
Hélio Angotti Netto;
José Alves Filho;
Amilton Gomes de Paula;
Precisa Medicamentos;
VTCLog.
Wilson Lima: epidemia com resultado morte e crimes de responsabilidade;
Marcellus Campelo: prevaricação;
Luis Carlos Heinze: incitação ao crime
Antônio Jordão de Oliveira Neto: epidemia com resultado morte;
Helcio Bruno de Almeida: incitação ao crime;
Heitor Freire de Abreu: epidemia com resultado morte;
Marcelo Bento Pires: advocacia administrativa;
Alex Lial Marinho: advocacia administrativa;
Thiago Fernandes da Costa: advocacia administrativa;
Regina Célia Oliveira: advocacia administrativa;
Hélio Angotti Neto: epidemia com resultado morte e incitação ao crime;
José Alves Filho: epidemia com resultado morte;
Amilton Gomes de Paula: tráfico de influência.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet