Quinta-feira, 9 de dezembro de 2021
informe o texto

Notícias | Legislativo

SURREAL: CCJ na ALMT aprova tratamento precoce - ineficaz - na rede pública de saúde

Projeto foi apresentado em maio por deputado bolsonarista

23/09/2021 - 11:11 | Atualizada em 29/09/2021 - 19:23

Redação

SURREAL: CCJ na ALMT aprova tratamento precoce - ineficaz - na rede pública de saúde

Foto: Assessoria ALMT

 O projeto de lei nº 329/2021, proposto pelo deputado bolsonarista Xuxu Dal Molin (PSC), que propõe a disponibilização de tratamento precoce na rede pública de saúde no Estado de Mato Grosso, foi aprovado na noite de quarta-feira (22) na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

O chamado tratamento precoce é comprovadamente ineficaz contra a Covid-19.

Parlamentares da Comissão de Saúde aproveitaram a ausência do deputado Lúdio cabral (PT), que é médico sanitarista, ferrenho opositor do projeto, para aprovar a matéria. 

"Esse tipo de procedimento não pode acontecer aqui no Parlamento. Mas, ainda bem, foi a primeira votação na CCJ, volta ao Plenário e teremos oportunidade debatê-lo com a profundidade necessária", disse Lúdio Cabral.

Outra parte
Em pronunciamento no plenário, Xuxu Dal Molin afirmou nunca ter mencionado nomes de remédios no projeto. Segundo o parlamentar, foi apresentado substitutivo ao projeto de lei relacionando medicamentos listados pela Anvisa. 

Veja aqui o debate na sessão do dia 22/09

em atualização
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet