Quinta-feira, 21 de outubro de 2021
informe o texto

Notícias | Jurídico

TSE investiga quem financiou os atos de 7 de setembro

15/09/2021 - 09:31 | Atualizada em 17/09/2021 - 11:58

Redação

TSE investiga quem financiou os atos de 7 de setembro

Foto: Reprodução

No inquérito que investiga Jair Bolsonaro, o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Luís Felipe Salomão, decidiu apurar quem financiou os atos de 7 de setembro realizados em Brasília e na Avenida Paulista, em São Paulo. 

O TSE apura também se houve campanha eleitoral antecipada, quem pagou o transporte de manifestantes, diárias, e quem organizou as manifestações. O objetivo é apurar possível abuso de poder econômico e político, uso indevido dos meios de comunicação social, corrupção, fraude, condutas vedadas a agentes públicos e propaganda extemporânea (antecipada), em relação aos ataques contra o sistema eletrônico de votação e à legitimidade das eleições de 2022. informa a jornalista Camila Bomfim (Globo News).

Nos atos os manifestantes pediam intervenção militar e 'destituição' dos ministros do STF. O presidente Bolsonaro atacou o ministro Alexandre de Moraes, que xingou de canalha e questionou novamente as urnas eletrônicas.

Na semana anterior às manifestações o presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvan, foi alvo de busca e apreensão e as contas da entidade foram bloqueadas para evitar repasse de dinheiro a organizadores dos atos antidemocráticos.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet