Segunda-feira, 20 de setembro de 2021
informe o texto

Notícias | Executivo

Estados e o DF devem punir policiais que participarem de atos no 7 de Setembro

ATOS ANTIDEMOCRATICOS

05/09/2021 - 08:35

Redação

Estados e o DF devem punir policiais que participarem de atos no 7 de Setembro

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Próximo ao feriado da independência no dia 7 de setembro, os governadores se articulam para evitar a participação de policiais militares nos atos a favor do presidente Jair Bolsonaro. Um levantamento realizado pelo jornal O Globo mostrou que oito estados e o Distrito Federal deverão punir os PMs e oficiais que participarem; dez afirmaram não ter um plano definitivo; dois irão seguir o regimento interno, que autoriza aos policiais participarem de manifestações, desde que não usem a vestimenta oficial da instituição; outros sete não se pronunciaram.

Em nota, Doria afirmou que “a Corregedoria da instituição, que é legalista e tem o dever e a missão de defender a Constituição e os valores democráticos do país nela expressos, analisa as manifestações recentes do oficial, que foi convocado ao Comando Geral para prestar esclarecimentos”.

No DF, o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), afirmou que policiais militares da ativa que participarem das manifestações do 7 de setembro serão punidos.

“Cada um faz o que quer dentro dos limites da lei”, explicou o chefe do executivo do Distrito Federal em conversa com o Congresso em Foco sobre a participação da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) nos atos antidemocráticos convocados para o feriado. “Claro que sim [que punirá policiais].”

Além do Distrito Federal e São Paulo, os estados da Bahia, Paraíba, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Amazonas e Roraima também preveem punição aos PM’s que participarem de atos antidemocráticos.

 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet