Sábado, 23 de outubro de 2021
informe o texto

Notícias | Cidades

Advogado Paulo Ricardo Milhomem. Este homem atropelou propositalmente uma mulher em Brasília

TEM QUE SER PRESO

26/08/2021 - 13:05 | Atualizada em 27/08/2021 - 09:55

Redação

Advogado Paulo Ricardo Milhomem. Este homem atropelou propositalmente uma mulher em Brasília

Paulo Ricardo Moraes Milhomem, autor do atropelamento

Foto: Reprodução

Com notícias do jornal de Brasília

Uma briga de trânsito terminou em atropelamento na QI 19 do Lago Sul, na tarde de quarta-feira (25). O advogado Paulo Ricardo Moraes Milhomem, 37 anos, perseguiu a também advogada Tatiana Machado Matsunaga, 40 anos, até a casa dela e a atropelou na frente da filha dela, uma criança de 8 anos. Tatiana está internada em estado grave.

Paulo Ricardo é advogado trabalhista. Foi aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (seccional DF) recentemente — o resultado foi divulgado em janeiro deste ano. Em uma rede social, o defensor compartilhava notícias e fazia comentários no âmbito da profissão. Num dos posts, Paulo defendia melhorias para profissionais da saúde da linha de frente contra a covid-19.

Várias pessoas indignadas com o crime cometido pelo advogado foram ao perfil para demonstrar descontentamento com a atitude. “Acho impressionante alguém vir pagar de defensor da linha de frente contra a Covid-19 e atropelar uma mãe na frente do marido e da filha de 8 anos da maneira que você fez. Se vê que esses posts aqui não têm nada de humano, é somente por dinheiro mesmo”, escreveu um usuário. “Vai pagar caro”, resumiu outra.

O advogado se apresentou à 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul) depois de atropelar a colega de profissão. A defesa de Paulo Ricardo alega que ele desejava apenas sair da rua. As câmeras de segurança, no entanto, detalham o atropelamento. Cuidado: as cenas são fortes.

Após ser atingida, Tatiana foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) com traumatismo craniano, fratura da bacia e fratura exposta do tornozelo. Passou por diversas cirurgias e está internada na UTI do Hospital Brasília em estado grave.

A 10ª DP investiga o caso. “A unidade de policiamento foi comunicada e, com base nas imagens, identificamos o condutor”, explicou o delegado-chefe Renato Fayão. Paulo Ricardo responderá pelo crime de homicídio qualificado tentado, acumulado com motivo fútil.

Em nota, a OAB-DF disse que o caso “choca a sociedade e a advocacia, pela brutalidade, pela motivação e pelo fato de ser um advogado o autor do crime”. A entidade também se colocou à disposição da família de Tatiana Matsunaga e desejou pronta recuperação.

Veja o vídeo abaixo



 

Vídeo Relacionado

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet