Segunda-feira, 20 de setembro de 2021
informe o texto

Notícias | Legislativo

Lira ''se acerta'' com Bolsonaro e agora defende a PEC do voto impresso

Jair Bolsonaro acabará sendo descartado pelo Centrão, que o deixará nu, entregue à própria sorte

05/08/2021 - 16:25 | Atualizada em 09/08/2021 - 09:22

Cícero Henrique

Lira ''se acerta'' com Bolsonaro e agora defende a PEC do voto impresso

Foto: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP-AL) teria negociado com o governo federal a manutenção do fundão eleitoral de R$ 5,7 bilhões em troca de defender a aprovação do voto impresso. 

Na semana passada Lira defendeu a lisura das urnas eletrônicas, mas hoje demonstrou disposição para colocar a PEC do voto impresso em votação no Plenário, mesmo que a comissão especial não vote o relatório.

Lira, um dos maiores expoentes do Centrão, sabe pressionar o Presidente. Este, acuado pela CPI da Pandemia e as últimas decisões do STF e TSE, está disposto a engolir as críticas ao gasto absurdo de quase 6 bilhões de reais destinados aos partidos em 2022.

Para se tornar réu, a Câmara precisa aprovar antes. Bolsonaro está inteiramente nas mãos de Lira e de Ciro Nogueira. Rasteja e esbraveja contra os Tribunais Superiores, usa o filho Eduardo para criar uma 'CPI do TSE'. 

Segundo diálogos nos bastidores, no tempo devido Jair Bolsonaro será descartado pelo Centrão, que o deixará nu, entregue à própria sorte. 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet