Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Executivo

Irritado, Mendes critica aprovação da PEC da Empaer: "É o samba do crioulo doido"

"Quem está sendo irresponsável em Mato Grosso?", questionou Mauro Mendes.

07/07/2021 - 08:25 | Atualizada em 07/07/2021 - 19:50

Jô Navarro

Irritado, Mendes critica aprovação da PEC da Empaer:

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Por unanimidade, os deputados estaduais de Mato Grosso aprovaram em redação final, durante sessões ordinárias na terça-feira (6), a Proposta de Emenda à Constituição 10/2021, a chamada PEC da Empaer, que reintegra à estatal mato-grossense 61 servidores que foram demitidos pelo governador Mauro Mendes por terem efetivação nos cargos baseada em um processo seletivo considerado precário, realizado na década de 1990.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), comunicou que a promulgação da PEC 10/2021 será nesta quarta-feira (7), às 10 horas, na Presidência da Casa de Leis

O governador Mauro Mendes declarou em entrevista à Rádio Jovem Pan Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (7), criticou os deputados estaduais por aprovarem a PEC. "Essa decisão já foi tomada pela Justiça. Tem que ter respeito pelo Judiciário, pelo Executivo", disse Mauro Mendes.

"Lamento muito essa atitude da Assembleia... eles têm que aprender a respeitar a Constituição brasileira, se eles não respeitam, que moral eles têm pra pedir que o Executivo e as pessoas respeitem as leis deles? Esses caras, desculpe dizer assim, mas esses deputados agem como se não existisse amanhã, como se pudessem fazer o que bem quer, é o samba do crioulo doido, desculpa, eles agem malucamente, não sei se atrás de algum voto, mas agem de uma maneira que não contribui muito para com o estado de Mato Grosso".

Segundo o governador, um auxiliar de serviços gerais em Mato Grosso, ganha pouco mais de um salário mínimo. Na Empaer, o salário é de R$ 13 mil reais. "A Assembleia quer dar estabilidade para esse servidor", criticou.

"Quem está sendo irresponsável em Mato Grosso?", questionou Mauro Mendes.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet