Quinta-feira, 21 de outubro de 2021
informe o texto

Notícias | Legislativo

ALMT aprova moção de aplausos a autores de matança no Jacarezinho

"Tem dia que dá vergonha ser deputado", diz Lúdio após aprovação de moção de aplausos à chacina no Rio

13/05/2021 - 07:56 | Atualizada em 13/05/2021 - 15:01

Cícero Henrique

ALMT aprova moção de aplausos a autores de matança no Jacarezinho

Foto: Fablicio Rodrigues/ALMT

"A Assembleia de Mato Grosso aprovou moção de aplausos à Polícia Civil do RJ pela operação que resultou na morte de 29 pessoas na favela do Jacarezinho. Votei contra, mas tem dia que dá vergonha ser deputado. Apologia à morte? Aplausos a uma chacina? É inaceitável.", registrou o deputado Lúdio Cabral em suas redes sociais.

"É inaceitável que a Assembleia aprove qualquer moção de aplausos dessa natureza. Sob qualquer ponto de vista, isso foi uma operação desastrosa, fracassada e muito provavelmente criminosa. A ação terminou com 29 vítimas, ou seja, 23 pessoas que não eram objetos de qualquer investigação. Há corpos que ainda não foram identificados, 13 dos mortos não tinham qualquer relação com a investigação", criticou o deputado.

O deputado Wilson Santos também manifestou-se contra a moção de aplausos. 

O requerimento  foi apresentado pelo deputado Xuxu Dal Molin (PSC) e foi apoiada pelos deputados João Batista (PROS), Gilberto Cattani (PSL) e o Delegado Claudinei (PSL).

A operação da polícia carioca deixou 29 mortos, alguns com clara característica de execução, segundo apurado pela imprensa local. A aprovação da moção de aplausos acontece uma semana após as denúncias de violações de direitos humanos por organizações do Brasil e do mundo.

 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet