Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Executivo

Governador de MT diz que a Anvisa ''é um órgão federal e parece ter má vontade'' para liberar a vacina russa

13/04/2021 - 10:17 | Atualizada em 13/04/2021 - 11:27

Jô Navarro

Governador de MT diz que a Anvisa ''é um órgão federal e parece ter má vontade'' para liberar a vacina russa

Foto: Reprodução/Rádio Capital

Em entrevista para a Rádio Capital na manhã desta terça-feira (13) o governador Mauro Mendes (DEM-MT) queixou-se da demora, por parte da Anvisa, para liberar a importação da vacina russa Sptnik V.

Mato Grosso comprou, por meio do consórcio de governadores, um milhão e duzentas mil doses da Sputnik V. 

"A Anvisa é um órgão do governo federal, então aí os brasileiros façam as suas conclusões...infelizmente não deveria estar tendo essa demora, a lei é muito clara, entrou lá teria que liberar em 72 horas, e até agora não liberou, e fica... e aí, ah, tá faltando documento... os técnicos que estão trabalhando lá junto com a Anvisa, representando todos esses estados, eles dizem que sentem uma má vontade, parece que tem uma má vontade de não querer liberar, porque foi uma compra feita pelos governadores".

Segundo a Anvisa,  a pedido do Fundo Soberano Russo, a inspeção agendada pela Anvisa nas duas fábricas da vacina Sputnik V teve sua agenda alterada. A inspeção marcada inicialmente para os dias 15 a 21/04 na empresa JSC Generium será realizada de 19 a 23/04, acontecendo, assim, no mesmo período da visita na empresa UfaVita.

Com esse realinhamento, as duas equipes de especialistas da Anvisa sairão do Brasil juntas e as inspeções ocorrerão concomitantemente. A nova data da viagem ainda será confirmada.


 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet