Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Jurídico

Absolvição leva a bate boca entre revisor e relator

24/08/2012 - 09:15

PORTAL BR247

Terminou em bate-boca a leitura do voto do revisor da Ação Penal 470, no Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, entre ele próprio e o relator Joaquim Barbosa. Imediatamente após acabar de falar, tendo absolvido não apenas o ex-presidente da Câmara dos Deputados João Paulo Cunha de todas as acusações que lhe são imputadas -- corrupção passiva, peculato duas vezes e lavagem de dinheiro --, Lewandowski também absolveu os réus Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach de todas as acusações relacionacionadas ao caso de João Paulo -- peculato e lavagem de di

‘Tudo isso está respondido no meu voto‘, esbravejou Joaquim Barbosa. ‘Hoje já está tarde, mas na segunda-feira responderei a todos esse pontos‘, reagiu ele. O presidente Ayres Britto concordou, mas Lewandowski pediu direito a tréplica. ‘A jurisprudência do STF resolve isso: a proeminência é do relator‘, respondeu Britto. Lewandowski não gostou. ‘Mas o sr. nem vai colocar isso a voto?‘, perguntou. ‘O senhor aqui é o revisor, mas é como seu fosse apenas um juíz vogal‘, disse, por sua vez, Britto, querendo negar o direito à tréplica. ‘Se for assim, adianto que vou me ausentar do plenário durante a réplica do relator‘, ameaçou Lewandowski. ‘Na segunda-feira veremos isso‘, contemporizou Britto, depois de manifestar-se claramente pró-Barbosa.

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet