Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Jurídico

Barbosa aponta desvio de dinheiro público em contrato do BB com DNA; assista

20/08/2012 - 17:08

Redação

O ministro Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão (Ação Penal 470), afirmou nesta segunda-feira (20) a existência de peculato na execução de um contrato do Banco do Brasil com a empresa DNA Propaganda, de propriedade de Marcos Valério. Para Barbosa, o crime foi cometido porque a agência apropriou-se de recursos de bônus de volume que deveriam ter sido devolvidos ao banco. Além de Valério, seus ex-sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, e o ex-diretor de marketing do BB Henrique Pizzolato foram denunciados por peculato relativo a esse contrato.

O revisor do processo, o ministro Ricardo Lewandowski, deve começar nesta segunda-feira (20) a ler seu primeiro voto do julgamento, sobre os desvios de dinheiro público da Câmara dos Deputados e nos contratos das empresas de publicidade com organismos públicos. Assista abaixo, ao vivo, à sessão, transmitida pelo canal da TV Justiça no Youtube.

Barbosa deve terminar de ler todo o voto dele sobre os desvios de dinheiro público antes de Lewandowski ler o voto dele como revisor. O item sobre os recursos públicos tem quatro capítulos: Câmara dos Deputados, contratos da DNA Propaganda com o Banco do Brasil, transferências do Banco do Brasil para a DNA Propaganda e o contrato da empresa SMP&B com o Ministério do Esporte e Correios, além da DNA com Eletronorte.