Segunda-feira, 12 de abril de 2021
informe o texto

Notícias | Executivo

Governo Bolsonaro pagou influenciadores digitais para defender kit-covid-19 que não tem eficácia

POPULAÇÃO ENGANADA

31/03/2021 - 16:44 | Atualizada em 01/04/2021 - 13:10

Redação

Governo Bolsonaro pagou influenciadores digitais para defender kit-covid-19 que não tem eficácia

Foto: Reprodução

Como é de se esperar o governo de Jair Bolsonaro é feito de fake news, passado dois anos só existe rastro de tragédias feito por este governo.

Agora o site apublica revela o gasto absurdo com influenciadores digital para propagar fake news  sobre o kit covid-19.

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) gastou mais de R$ 1,3 milhão dos cofres públicos para pagar ações de marketing de influenciadores digitais a favor do uso do “Kit-COVID”, assim denominado o conjunto de medicamentos distribuído pelo governo federal ao SUS sem comprovação científica na eficácia para o tratamento do novo coronavírus.

A informação foi conseguida pela Agência Pública. De acordo com a reportagem, o valor foi investido pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Comunicação (Secom) e inclui R$ 85,9 mil destinados ao cachê de 19 "famosos" contratados para divulgar campanhas em redes sociais.

Em janeiro deste ano, a Secom contratou quatro influenciadores, que receberam um montante de R$ 23 mil para falar sobre "atendimento precoce". A verba saiu de um investimento total de R$ 19,9 milhões da campanha publicitária denominada "Cuidados Precoces COVID-19".

A ex-BBB Flávia Viana recebeu, sozinha, R$ 11,5 mil, segundo os documentos obtidos. No roteiro da ação, obtido pela Agência Pública através de um pedido via Lei de Acesso à Informação (LAI), a Secom orientava a ex-BBB Viana e os influenciadores João Zoli (747 mil seguidores), Jéssika Taynara (309 mil seguidores) e Pam Puertas (151 mil seguidores) a fazer um post no feed e seis stories – todos no Instagram – dizendo para os seguidores que, caso sentissem sintomas da Covid, era ‘importante que você procure imediatamente um médico e solicite um atendimento precoce.

https://apublica.org/2021/03/influenciadores-digitais-receberam-r-23-mil-do-governo-bolsonaro-para-propagandear-atendimento-precoce-contra-covid-19/

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet