Segunda-feira, 12 de abril de 2021
informe o texto

Notícias | Executivo

Bolsonaro anuncia comissão de enfrentamento à pandemia e volta a insistir no ''tratamento precoce'', rejeitado pela ciência

24/03/2021 - 10:58 | Atualizada em 25/03/2021 - 08:39

Bolsonaro anuncia comissão de enfrentamento à pandemia e volta a insistir no ''tratamento precoce'', rejeitado pela ciência

Foto: Reprodução

Após a reunião com líderes do STF, Câmara dos Deputados, Senado, governadores aliados e ministros, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o 'tratamento precoce' contra a covid-19. Todas as entidades científicas no Brasil e no mundo deixaram claro que ainda não existe tratamento precoce.

"Será criada uma coordenação junto aos governadores junto ao congresso. Da nossa porte comitê que se reunirá todas as semanas".

"Tratamos também de possibilidade de tratamento precoce. Isso fica a cargo do ministro da Saúde, de que respeita o direito e o dever do médico em tratar os infectados", afirmou Bolsonaro.

"Ainda não temos remédio, mas nossa união, nosso esforço entre os três poderes da República, ao nos direcionarmos para aquilo que realmente interessa, sem que haja qualquer conflito, qualquer politização da solução do problema, creio que seja, realmente, o caminho para o Brasil sair dessa situação bastante complicada que se encontra", concluiu o presidente.

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga falou em fortalecer o SUS "articulado nos três níveis, para prover à população brasileira com agilidade uma campanha de vacinação que possa atingir uma cobertura vacinal capaz de reduzir a circulação do vírus".

A formação da comissão é mais um ato político do presidente, que impõe suas crenças e desune ao invés de conciliar.

 Hoje (24) o Brasil chegou à marca de 300 mil mortos por Covid-19.


Assista a coletiva:

 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet