Segunda-feira, 12 de abril de 2021
informe o texto

Notícias | Legislativo

ALMT ''enterra'' feriado prolongado e aprova requerimento para decretar quarentena

23/03/2021 - 16:57 | Atualizada em 23/03/2021 - 17:36

Redação

ALMT ''enterra'' feriado prolongado e aprova requerimento para decretar quarentena

Foto: Reprodução

Somente o deputado de oposição Lúdio Cabral (PT) votou favorável à mensagem do governador Mauro Mendes que previa a antecipação de cinco feriados a fim de tentar conter a o avano da covid-19 em Mato Grosso. O projeto foi aprovado pela Comissão de Saúde e rejeitado pela Comissão do Trabalho.

Lúdio Cabral, que é médico sanitarista com formação em epidemiologia, jamais foi chamado pelo Executivo para debater sobre a pandemia.

Ao final da sessão, Lúdio ressaltou que o governador tem poder para decretar quarentena imediata. 

O deputado explicou ainda que não existe 'protocolo de Manaus', como mencionado por alguns parlamentares. "Precisamos de quarentena nacional, e não só no estado de Mato Grosso", concluiu.

Foi aprovado nesta sessão o requerimento de autoria de Lúdio Cabral para que o governador decrete quarentena no estado, com permissão de funcionamento das atividades essenciais.

Mato Grosso tem o pior índice de isolamento social do país

 Mato Grosso é o Estado brasileiro que tem o pior índice de isolamento social do país, conforme dados da Inloco. O Estado também vem batendo recordes de mortes. No último boletim publicado pela Secretaria de Estado de Saúde, foram 125 óbitos registrados, em um único dia.

Conforme o mapa da Inloco, Mato Grosso está em último lugar entre os estados, com apenas 38,1% da população respeitando o isolamento social. Essa é uma das medidas recomendadas para combater à pandemia da Covid-19. Abaixo de 40%, junto com Mato Grosso, está o Tocantins (39,1%).

Governador lamenta e informa declara tolerância zero contra aglomerações

"Peço para que não façam festas ou aglomerações, porque isso irá prolongar o sofrimento que todos nós estamos passando. Quanto mais rápido conseguirmos baixar a ocupação de UTIs, reduzir o contágio e as mortes, mais rápido poderemos retornar à nossa vida nesse novo normal. Aumentamos as multas para pessoas e empresas que aglomerarem. Triplicamos para quem reincidir, e vamos fechar os estabelecimentos que insistirem na ilegalidade. Seremos intolerantes com irresponsáveis que possam causar a morte de mais mato-grossenses. O Governo, com as nossas forças de Segurança, vai intensificar a fiscalização nos locais de frequente aglomeração, como os condomínios, os bairros, beira dos rios, portas de conveniência e outros", disse o governador Mauro Mendes em artigo publicado no site do governo logo após a votação. 

Veja íntegra do artigo do governador AQUI
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet