Segunda-feira, 12 de abril de 2021
informe o texto

Notícias | Jurídico

ESCUTAS ILEGAIS: Pedro e Paulo Taques, 3 coronéis e cabo são denunciados pelo MPE

23/03/2021 - 08:46 | Atualizada em 25/03/2021 - 12:43

Redação

ESCUTAS ILEGAIS: Pedro e Paulo Taques, 3 coronéis e cabo são denunciados pelo MPE

Foto: Divulgação

O ex-governador Pedro Taques, o ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, que é primo dele, os coronéis da Polícia Militar Zaqueu Barbosa, Evandro Lesco, Airton Siqueira Júnior e o cabo da PM Gerson Correa Júnior foram denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPE) por participação em um esquema de interceptações clandestinas que se tornou conhecido como "Grampolândia Pantaneira".

O esquema de grampos clandestinos funcionou entre 2014 e 2015 e era operado pela Polícia Militar em Mato Grosso, segundo consta na investigação policial. O esquema foi denunciado à Procuradoria-Geral da República pelo promotor de Justiça Mauro Zaque, ex-secretário de Estado de Justiça.

Foram alvos dos grampos políticos, advogados, médicos, jornalistas e até membros do Judiciário. Os telefones foram incluídos em uma investigação sobre tráfico de drogas que teria o envolvimento de policiais militares. O grampo ocorreu, assim, na modalidade conhecida como 'barriga de aluguel'.

 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet