Terça-feira, 13 de abril de 2021
informe o texto

Notícias | Brasil

O sistema hospitalar de Curitiba chegou ao limite, assim mesmo a insanidade prospera

28/02/2021 - 15:24 | Atualizada em 01/03/2021 - 09:30

Redação

O sistema hospitalar de Curitiba chegou ao limite, assim mesmo a insanidade prospera

Foto: Reprodução

A situação é gravíssima. A taxa de ocupação dos 378 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 93%. Há apenas 25 leitos livres. A ocupação dos leitos clínicos também aumentou: 87% dos 486 leitos clínicos estão ocupados. Curitiba chegou a ter mais de 200 leitos clínicos livres em um dia. Hoje tem hoje apenas 64.

A Prefeitura ativou mais 15 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 no Hospital Santa Casa. A cidade tem agora 378 leitos de UTI, mais 486 leitos clínicos exclusivos para a pandemia. São 864 leitos SUS para covid-19. Assim o município atingiu sua capacidade máxima de expansão de leitos de UTIs exclusivos para a covid-19.

O sistema hospitalar atingiu seu limite. Não tem mais para onde expandir. Cerca de 50% dos atendimentos de pacientes de covid-19 em Curitiba são feitos pela rede privada e a outra metade pela pública, mas Curitiba por ser a cidade com maior capacidade hospitalar, também recebe pacientes da região metropolitana. Mesmo com máximo de leitos, ocupação está em alta e há fila de pacientes.

 

 

Além de combater a pandemia de coronavírus, o Estado precisa combater a a insanidade dos que insistem em desafiar a peste, copiando o comportamento do presidente Jair Bolsonaro, que faz campanha na contramão das recomendações da Saúde Pública.

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet