Domingo, 28 de fevereiro de 2021
informe o texto

Notícias | Executivo

Pazuello anuncia vacinação em massa no Amazonas para população acima de 50 anos

15/02/2021 - 20:44 | Atualizada em 15/02/2021 - 21:25

Redação

Pazuello anuncia vacinação em massa no Amazonas para população acima de 50 anos

Foto: Print de tela

O Amazonas deve ser o primeiro estado brasileiro a ter vacinação plena contra a Covid-19, informou nesta segunda-feira (15/02) o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião com os 13 prefeitos da Região Metropolitana de Manaus. Segundo o Ministério da Saúde, eles começarão a vacinar, a partir de 22 de fevereiro, o público-alvo a partir de 50 anos de idade. A reunião foi realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), onde funciona o comitê de crise instalado pelo Ministério da Saúde (MS) em Manaus. 

A aceleração do Plano Nacional de Imunização envolve uma força-tarefa com a participação do Governo Federal, por meio do MS e Ministério da Defesa, do Governo do Amazonas e das prefeituras municipais, além de outros parceiros que estão sendo agregados. A meta é vacinar, em 10 dias, todas as pessoas desse grupo, nos 13 municípios. Somente Manaus deverá vacinar 267 mil pessoas, de acordo com dados divulgados pela Prefeitura. 

“Os prefeitos são donos da vacinação e esse protagonismo não pode ser tirado deles. Mas, para fazer a aceleração, vamos envolver todos os meios possíveis do estado e do Governo Federal, com todo o apoio necessário”, afirmou o ministro.  

O ministro anunciou que a aceleração será possível porque até o dia 22 de fevereiro o Ministério da Saúde terá recebido dois lotes dos dois laboratórios que já estão produzindo vacinas, o Butantan (Coronavac/Sinovac) e a Fundação Osvaldo Cruz (AstraZêneca/Oxford). Logo no início de março, outros dois lotes serão entregues.

Além das vacinas que são encaminhadas aos estados por partilha proporcional, o MS vai destinar os 5% do Fundo de Imunização para o Amazonas. 

Além dos postos já definidos pelas prefeituras para a vacinação, deverão também ser utilizados locais das zonas de votação eleitoral e o reforço de outros pontos que serão identificados e definidos durante o fechamento do plano. Todas as pessoas chamadas para atuar como voluntários deverão receber capacitação por parte da Prefeitura e atuarão como vacinadores e apoio.  

Os municípios que fazem parte da Região Metropolitana de Manaus são Itapiranga, Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Autazes, Rio Preto da Eva, Silves, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Manacapuru, Iranduba, Itacoatiara e Manaquiri. (Informações do Ministério da Saúde)

Ministério lista cinco fornecedores de vacina

O MS informou em um segundo comunicado quais são as vacinas e o número de doses que receberá nos próximos meses.  Abaixo o cronograma de entrega das vacinas ao Ministério da Saúde pelos laboratórios produtores

1 - CONSÓRCIO COVAX FACILITY

Entregas das 42,5 milhões de doses

Mar: 2,65 (AstraZeneca)
até Jun: 7,95 (AstraZeneca)

Cabe ressaltar que o consórcio, coordenado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), funciona como um centro de distribuição internacional de vacinas. O Brasil receberá, ainda, aproximadamente mais 32 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 produzidas por laboratórios de sua escolha até o final do ano, conforme cronogramas estabelecidos exclusivamente pelo Covax Facility.

2 - FUNDAÇÃO BUTANTAN (vacina Coronavac – Sinovac)

Entregas das 100 milhões de doses:

Jan: 8,7 - entregues
Fev: 9,3
Mar: 18,1
Abr: 15,93
Maio: 6,03
Jun: 6,03
Jul: 13,55
Ago:13,55
Set: 8,8

3 - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ (vacina Oxford / AstraZeneca)

Entregas das 222,4 milhões de doses:

Jan: 2,0 - entregues
Fev: 4,0
Março: 20,7
Abril: 27,3
Maio: 28,6
Junho: 28,6
Julho: 1,2

A partir da incorporação da tecnologia da produção do IFA, a Fiocruz deverá produzir e entregar mais 110 milhões de doses no segundo semestre de 2021

4 - UNIÃO QUÍMICA (vacina Sputnik V – Instituto Gamaleya)

Entrega das 10 milhões de doses (importadas da Rússia) – Previsão de assinatura de contrato esta semana

Mar: 800 mil (15 dias após a assinatura do Contrato)
Abr: 2,0 (45 dias após a assinatura do Contrato)
Maio: 7,6 (60 dias após a assinatura do Contrato)

A partir da incorporação da tecnologia da produção do IFA, a União Química deverá passar a produzir mais 8 milhões de doses por mês

5 - PRECISA MEDICAMENTOS (vacina Covaxin – Barat Biotech)

Entrega das 20 milhões de doses (importadas da Índia) – Previsão de assinatura de contrato esta semana

Mar: 8,0 (4,0 mi + 4,0 mi – 20 e 30 dias após a assinatura do Contrato)
Abr: 8,0 (4,0 mi + 4,0 mi – 45 e 60 dias após a assinatura do Contrato)
Maio: 4,0 (70 dias após a assinatura do Contrato)

Segundo a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) as vacinas Sputinik V e a Covaxin - Barat Biontech ainda não foram autorizadas. Veja abaixo o quadro de acompanhamento:



 
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet