Sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021
informe o texto

Notícias | Executivo

Prefeitura ''segura'' repasse do Ministério da Saúde para HCan e HG, que suspendem atendimento

Segundo os gestores, falta dinheiro para manter unidades abertas

16/12/2020 - 09:20 | Atualizada em 20/12/2020 - 09:19

Da Redação

Prefeitura ''segura'' repasse do Ministério da Saúde para HCan e HG, que  suspendem atendimento

Foto: Reprodução

A direção do Hospital do Câncer de Mato Grosso informou, na terça-feira (15), que a Prefeitura de Cuiabá está devendo mais de R$ 6,3 milhões em repasses para a entidade. Segundo o presidente do hospital, Laudemir Nogueira, em julho e agosto deste ano a prefeitura não teria feito nenhum repasse.  

A Secretaria Municipal de Saúde informou que formalizou no Tribunal de Contas do Estado (TCE) uma proposta de pagamento para o Hospital do Câncer e aguarda resposta. Se houver acordo, a mesma proposta será estendida aos demais hospitais filantrópicos, caso julguem necessário.

Nesta quarta-feira (16) o Hospital Geral também informou, por meio de nota, o atraso dos repasses pela Prefeitura de Cuiabá e suspendeu os atendimentos ambulatoriais e hospitalares eletivos a partir de hoje. Segundo o HG, constantes atrasos nos repasses dos recursos de produção hospitalar pela Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Cuiabá inviabilizam a aquisição de insumos básicos e medicamentos para a manutenção das atividades com segurança e eficiência.

O HG cobra repasse de R$ 4.329.702,04 (quatro milhões, trezentos e vinte e nove mil, setecentos e dois reais e quatro centavos), distribuídos da seguinte forma:

- R$ 1.714.280, 84, de valores contratuais pré-fixados;
- R$ 1.123.228,43 do SIH Alta Complexidade;
- R$ 314.636,23 do SIA Alta Complexidade;
- R$ 1.058.021,72 da Rede de Urgência e Emergência;
- R$ 119.534,82 do Incentivo da Rede Cegonha;

Os recursos são repassados pelo Ministério da Saúde para a SMS e deveriam ser repassados ao Hospital Geral via Prefeitura / Secretaria de Saúde em até 5 dias do recebimento.

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Cuiabá, responsável pelo pagamento, informou que está analisando a situação.
 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet