Domingo, 29 de novembro de 2020
informe o texto

Notícias | Malagueta

AUGUSTO ARAS ESTÁ COM COVID-19

17/09/2020 - 17:42 | Atualizada em 17/09/2020 - 17:45

Redação

O procurador-geral da República, Augusto Aras, foi diagnosticado com covid-19. O resultado do exame foi divulgado nesta 5ª feira (17.set.2020). Ele esteve na posse do novo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, na última semana. É o 6º entre os participantes do evento a contrair a doença.

Segundo sua assessoria de imprensa, ele passa bem e está em isolamento. Seguirá despachando remotamente.

Além de Aras, o presidente do STF, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e outras 3 autoridades também foram diagnosticadas.

Eis a lista:

  • Luiz Fux, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal);
  • Rodrigo Maia, presidente da Câmara;
  • Augusto Aras, procurador-geral da República
  • Luis Felipe Salomão, ministro do Superior Tribunal de Justiça;
  • Antonio Saldanha Pinheiro, ministro do STJ;
  • Maria Cristina Peduzzi, presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho).

PGR DIVULGA NOTA

Eis a íntegra:

“O procurador-geral da República testou positivo para covid-19. O resultado do exame saiu nesta quinta-feira (17). Augusto Aras passa bem e está em isolamento, despachando remotamente.”

STF PRESTA SOLIDARIEDADE

A presidência do STF divulgou uma nota sobre as autoridades que participaram do evento e estão infectadas. Eis a íntegra:

Diante de informações da imprensa acerca da contaminação de autoridades pelo novo Coronavírus, a Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) vem prestar solidariedade e votos de ampla recuperação aos que eventualmente contraíram a Covid-19.

O Tribunal destaca que todas as medidas de segurança, protocolos e procedimentos recomendados pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde foram adotados rigorosamente para a realização da solenidade de posse da nova gestão (2020-2022).

Vale lembrar que somente 20 por cento dos assentos do Plenário da Corte foram ocupados. Houve obrigatoriedade do uso de máscaras; todos os presentes foram submetidos à medição de temperatura corporal; dezenas de totens com álcool-gel foram alocados em pontos estratégicos do Tribunal; além de outras providências, como plantão médico e UTI móvel, foram tomadas.

O Supremo Tribunal Federal, por meio do setor de Cerimonial, está em contato com os convidados que estiveram presentes à solenidade para alertá-los sobre a importância de buscarem serviço médico, caso tenham se exposto de alguma forma também em outros eventos fora do STF. A Secretaria de Serviços Integrados de Saúde (SIS) do Tribunal também está atenta e à disposição dos servidores para orientá-los sobre eventual realização de testes e procedimentos a serem adotados em casos positivos.

O STF, desde o início da pandemia, tem demonstrado elevado senso de responsabilidade, seja ao dar prioridades aos julgamentos de casos que envolvam a Covid-19, seja ao implementar trabalho remoto para seus servidores e colaboradores ou mesmo ao implementar ferramentas tecnológicas que permitam a efetiva prestação jurisdicional, preservando o distanciamento social e a segurança dos operadores do Direito.

De qualquer forma, ainda que esteja segura quanto às medidas de precaução adotadas dentro de suas instalações, a Corte Suprema brasileira estuda novos procedimentos para tornar ainda mais segura a presença de servidores e visitantes do STF.” (Poder360)

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet