Quinta-feira, 3 de dezembro de 2020
informe o texto

Notícias | Artigos

Uma tragédia que poderia ter sido evitada

10/08/2020 - 15:02 | Atualizada em 10/08/2020 - 15:04

Assessoria

O Ministério Público de Mato Grosso manifesta sua solidariedade aos familiares e amigos dos mais de 100 mil brasileiros mortos pela Covid-19. Lamentavelmente, no dia 08 de agosto atingimos essa marca que nos mantém como o segundo país com maior número de vítimas fatais da doença e que poderia ter sido evitada.

Desde o surgimento da pandemia e antes mesmo do registro dos primeiros casos no Brasil, o Ministério Público, lastreado pelas recomendações das autoridades sanitárias, já defendia e cobrava do Governo Federal, governos estaduais e municipais a adoção de ações firmes, efetivas e responsáveis, baseadas na ciência, que teriam evitado a perda de tantos brasileiros e a dilaceração de tantas famílias.

A subestimação da alta capacidade de disseminação do Novo Coronavírus, o discurso negacionista da gravidade da doença, o comportamento público inadequado de altas autoridades estimulando o não cumprimento do distanciamento social e do uso de máscara estão, sem dúvida, entre as causas dessa tragédia que deixa o país em luto.

O Ministério Público de Mato Grosso reafirma seu compromisso de continuar vigilante, cobrando a atuação eficiente dos entes públicos, propondo ações de responsabilização daqueles que se omitem ou contrariam as normas sanitárias, para que essa triste e lamentável marca de 100 mil mortes pela Covid-19 não se transforme numa tragédia humanitária de proporções ainda mais devastadoras.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO

 

Informe seu email e receba notícias!

Sitevip Internet