Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

Empresas ligadas a Botelho e Nininho faturam alto com governo e prefeituras | Caldeirão Político

Mato Grosso

Segunda-Feira, 05 de Junho de 2017, 12h:53

POLÍTICA E NEGÓCIOS

Empresas ligadas a Botelho e Nininho faturam alto com governo e prefeituras

Cícero Henrique

Ao apagar das luzes da administração do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), a Prefeitura contratou por meio da concorrência pública Nº 14/2016, no valor de R$ 13,7 milhões, a Construtora Nhambiquaras, para realizar obras de asfaltamento em Cuiabá. A empresa da família do parlamentar venceu dois dos três lotes, somando R$ 3,4 milhões em contratos. 

Nhambiquaras é ligada ao deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), do mesmo partido do ex-prefeito Mauro Mendes (PSB). 

Em 2012 a Prefeitura de Cuiabá firmou o contrato nº 7731 com a Construtora Nhambiquaras no valor de R$ 23 milhões para "execução de serviços de gestão de sistema e obras de engenharia elétrica com serviços de manutenção e ampliação no município de Cuiabá". O contrato foi aditado em 2015, em R$ 12 milhões. Os valores, segundo a Prefeitura, se referem a serviços realizados entre os meses de outubro de 2014 e setembro de 2015. Curiosamente, o segundo e o terceiro aditivos foram publicados pela Prefeitura sem os valores repassados à empreiteira. (Fonte: Circuito MT) 

Em novembro de 2016, a Prefeitura de Várzea Grandefechou contrato de R$ 23 milhões com a Construtora Nhambiquaras para realização de obras de duplicação e pavimentação de acessos a diversos bairros. 

A Nhambiquaras também tem contrato com o Governo de Mato Grosso. Em fevereiro deste ano o secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos, aumentou em R$ 410 mil o contrato com a Construtora Nhambiquaras Ltda., que tem por objeto ampliar o sistema de abastecimento de água de Chapada dos Guimarães. O valor total do contrato passou a ser de R$ 14.371.510,46. 

CONSTRUTORA NHAMBIQUARAS – EVOLUÇÃO DOS CONTRATOS COM O GOVERNO DO ESTADO

2007 - 2017

ANO

PAGAMENTOS (R$)

2007

866.926,00

2008

1.441.780,00

2009

2.732.673,00

2010

421.978,00

2011

553.157,00

2012

8.094.207,00

2013

7.778.438,00

2014

10.265.650,00

2015

5.899.253,00

2016

4.908.456,00

2017

10.595.550,00

TOTAL

53.558.068,00

Fonte: Fiplan/Governo de Mato Grosso

 Tripolo

De janeiro de 2007 a abril de 2017, a Construtora Tripolo, oficialmente em nome de um dos filhos do deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PR), recebeu do governo de Mato Grosso R$ 450,19 milhões. 

O deputado Nininho também é ligado à empresa Morro da Mesa, que detém a concessão do trecho da MT-130, que liga Primavera do Leste a Rondonópolis, desde 2012. É considerado o pedágio mais caro e com menos retorno em melhorias para a rodovia. Chegou a ser multado em R$ 3 milhões pelo Procon. 

O primeiro contrato com o governo estadual foi em 2007, durante a gestão de Blairo Maggi, no valor de R$ 598.286,00. Daí em diante os valores dos contratos aumentaram muito, chegando a mais de R$ 56 milhões em 2017. Durante a administração de Silval Barbosa, foram registrados os maiores valores: R$ 71.346.940,00 em 2013 e R$ 134.526.598,00 em 2014..

CONSTRUTORA TRIPOLO – EVOLUÇÃO DE CONTRATOS COM O GOVERNO DO ESTADO

2007 – 2017 

ANO

PAGAMENTOS (R$)

2007

598.286,00

2008

1.277.702,00

2009

20.599.359,00

2010

20.227.848,00

2011

16.531.509,00

2012

19.453.661,00

2013

71.346.940,00

2014

134.526.598,00

2015

54.451013,00

2016

54.764.583,00

2017

56.417.005,00

TOTAL

424.662.995,00

Fonte: Fiplan/Governo de Mato Grosso

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO