Página Inicial   |   Expediente   |   Anuncie   |   Fale Conosco
Busca:  
Sábado, dia 24 de Junho de 2017
Mato Grosso   |   Brasil   |   Mundo   |   Executivo   |   Legislativo   |   Judiciário   |   Geral   |   Cidades   |   Concursos   |   Eventos&Negócios   |   Caldeirão Jurídico   |   Aeroportos   |   Meteorologia   |   Malagueta   |   Vídeos
Sábado, dia 24 de Junho de 2017
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
É HORA DE REAGIR
Só o povo na rua pode afastar Michel Temer, chefe da Orcrim da Câmara
17/06/17 - 08:33
Por: Jô Navarro

Somente a forçado do povo nas ruas poderá influenciar a Câmara dos Deputados
Foto de Arquivo
Temer é o chefe da Orcrim da Câmara e quer usar dessa força criminosa para rejeitar a denúncia do STF contra ele. É hora do povo entrar em cena e reagir.

Joesley Batista, em depoimento à Polícia Federal na última quarta-feira,14, reforçou acusações contra o presidente Michel Temer.

Segundo relatou em entrevista exclusiva para a revista Época, "Temer é o chefe da Orcrim da Câmara. Temer, Eduardo, Geddel,Henrique, Padilha e Moreira. É o grupo deles. Quem não está preso está hoje no Planalto. Essa turma é muito perigosa. Não pode brigar com eles."

A entrevista deixa claro o motivo da pressa para votar a denúncia do STF contra Michel Temer na Câmara. Quer aproveitar o poder que ainda tem como líder da Orcrim da Câmara dos Deputados para rejeitar a denúncia e se manter presidente. Rodrigo Maia, presidente da Câmara, quer suspender o recesso de julho para votar e rejeitar a denúncia em julho, período que tradicionalmente é mais difícil a mobilização popular, devido às férias escolares.

Temer quer usar seu poder para trocar o comando da Polícia Federal e enfraquecer a Lava Jato. Também exerce influência no TSE e STF, como ficou claro no julgamento que poderia ter cassado a chapa Dilma-Temer, suspendendo os direitos politicos da ex-presidente e cassando o presidente.

A entrevista de Joesley Batista é apenas a ‘ponta do iceberg’ do depoimento que prestou à PF, confirmando e detalhando o que disse na delação premiada.

O Brasil precisa de procuradores, delegados federais e magistrados corajosos e éticos para colocar na cadeia os integrantes de organizações criminosas formadas por políticos e empresários. E mais uma vez a força do povo nas ruas será o fator decisivo para afastar do Planalto e do Congresso Nacional os políticos nocivos e corruptos.

Lembrando que não há nenhum partido político livre de mácula.

Compartilhe! 
Comentários
ATENÇÃO! Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do CALDEIRÃO POLÍTICO. Evite comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, os comentários serão moderados. O CALDEIRÃO POLÍTICO poderá retirar, sem prévia notificação ou aviso, comentários postados que não respeitem estes critérios.
Outras Notícias
CAÇA AO TESOURO
23/06/17 - 11:04 - Polícia Federal busca 149 joias de Adriana Ancelmo
OPERAÇÃO DOMICIANO
22/06/17 - 10:21 - PF prende 15 policiais rodoviários suspeitos de cobrar propina e favorecer comerciantes
OPERAÇÃO BULISH
21/06/17 - 19:22 - Joesley depõe durante oito horas e foca em Mantega
PERT
21/06/17 - 10:58 - Receita regulamenta programa de renegociação de dívidas com a União
LAVAGEM DE DINHEIRO
21/06/17 - 09:20 - Henrique Alves e Eduardo Cunha são denunciados pelo MPF no Rio Grande do Norte
AGORA VAI
HAVIAM SIDO APAGADAS
OPERAÇÃO BULISH
AO VIVO
JUIZ REJEITOU
REFORMA TRABALHISTA REJEITADA
EM CIMA DO MURO
PRECISA PRENDER TEMER
CADEIA PARA TEMER
RESPOSTA A ACUSAÇÕES

Reforma trabalhista deve ser votada na CCJ dia 28 de junho

Ana Amélia questiona ministro Fachin sobre retirada de investigações da alçada do juiz Moro

PF prende 15 policiais rodoviários suspeitos de cobrar propina e favorecer comerciantes

Maioria dos ministros valida delação da JBS e mantém Fachin relator

Juiz torna Riva e Mauro Savi réus em mais uma ação de improbidade

VALTENIR VIROU SACO DE PANCADA

Informatização das unidades de saúde melhora atendimento e gestão da farmácia

 
Início   |   Expediente   |   Envie sua sugestão   |   Fale Conosco
Todos os Direitos Reservados para o Caldeirão Político
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil