Página Inicial   |   Expediente   |   Anuncie   |   Fale Conosco
Busca:  
Terça-Feira, dia 27 de Junho de 2017
Mato Grosso   |   Brasil   |   Mundo   |   Executivo   |   Legislativo   |   Judiciário   |   Geral   |   Cidades   |   Concursos   |   Eventos&Negócios   |   Caldeirão Jurídico   |   Aeroportos   |   Meteorologia   |   Malagueta   |   Vídeos
Terça-Feira, dia 27 de Junho de 2017
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
SAÚDE
Governador e bancada federal discutem soluções para crise na saúde pública
13/06/17 - 19:57
Por: Redação
Fonte: Gcom-MT

Foto de Gcom/MT

O governador Pedro Taques esteve reunido com a bancada federal mato-grossense em Brasília, na tarde desta terça-feira (13.06), para discutir soluções para enfrentar e superar a crise na saúde pública estadual. Taques apresentou dados sobre a saúde aos parlamentares e abriu o diálogo para buscar, em conjunto com os deputados federais e senadores, medidas para superar a falta de recursos para a área. 

Uma das propostas em debate foi a alteração, por parte da bancada, da aplicação de recursos de emendas da ordem de R$ 80 milhões que estão previstos para a compra de equipamentos para o novo Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, que ainda está em construção. A proposta seria aplicar esses recursos para o custeio da saúde pública em todos os municípios mato-grossenses. 

“Estamos discutindo um problema que é imediato, de agora, que é a falta de dinheiro para a saúde. O Estado de Mato Grosso estava devendo R$ 162 milhões e pagamos R$ 110 milhões em 14 dias. Precisamos de dinheiro novo e toda a bancada federal está nos ajudando nisso”, disse o governador ao final do encontro. 

Os deputados federais e senadores mato-grossenses concordaram em aprofundar a discussão para buscar uma solução em conjunto com o Poder Executivo estadual. A Secretaria Estadual de Saúde deve apresentar à bancada uma planilha com dados sobre a saúde pública e projeções sobre gastos e ações para os próximos meses. Com esses dados em mãos, os deputados e senadores voltarão a se reunir, na próxima semana, para definir que medidas poderão ser tomadas em conjunto para auxiliar o Estado no enfrentamento à crise na saúde.

Compartilhe! 
Comentários
ATENÇÃO! Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do CALDEIRÃO POLÍTICO. Evite comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, os comentários serão moderados. O CALDEIRÃO POLÍTICO poderá retirar, sem prévia notificação ou aviso, comentários postados que não respeitem estes critérios.
Outras Notícias
POLÍCIA MILITAR
26/06/17 - 11:13 - Governo de MT confirma mais mudanças no comando da PM
CUIABÁ
25/06/17 - 11:03 - Humanização dos serviços de saúde pode ser o diferencial de Emanuel Pinheiro
GRAMPOS
24/06/17 - 08:37 - Em nota, governo de MT diz que coronéis presos gozam da total confiança
TROCA DE COMANDO
23/06/17 - 17:39 - Pedro Taques troca comanda da PM após vazamento de prisões de militares em MT
MATO GROSSO
23/06/17 - 09:45 - Governador recebe demanda de vereadores e apresenta ações em Cuiabá
CONFIRA
SAÚDE
SAÚDE
CUIABÁ
TROCA DE COMANDO
CAÇA AO TESOURO
MATO GROSSO
CUIABÁ
QUEDA NA ARRECADAÇÃO
EM CIMA DO MURO

Prioridade especial a idosos com mais de 80 anos vai à sanção presidencial

Reforma trabalhista deve ser votada na CCJ dia 28 de junho

LULA SERÁ CONDENADO A 22 ANOS

"Momento político do país é inadequado para nova lei de abuso de autoridade"

Valtenir fala em reposicionamento do PSB e avisa que impedirá traições

PIB agrícola deverá crescer 9,6% em 2017

SAFADEZA NA POLÍTICA NÃO É INVENÇÃO BRASILEIRA

 
Início   |   Expediente   |   Envie sua sugestão   |   Fale Conosco
Todos os Direitos Reservados para o Caldeirão Político
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil