Página Inicial   |   Expediente   |   Anuncie   |   Fale Conosco
Busca:  
Terça-Feira, dia 27 de Junho de 2017
Mato Grosso   |   Brasil   |   Mundo   |   Executivo   |   Legislativo   |   Judiciário   |   Geral   |   Cidades   |   Concursos   |   Eventos&Negócios   |   Caldeirão Jurídico   |   Aeroportos   |   Meteorologia   |   Malagueta   |   Vídeos
Terça-Feira, dia 27 de Junho de 2017
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
NEGOCIAÇÃO AVANÇA
Executivo propõe pagamento de 1ª parcela da RGA este ano
15/06/17 - 07:47
Por: Redação

Foto de Gcom/MT

O Governo do Estado e o Fórum Sindical realizaram na tarde de quarta-feira (14) mais uma reunião para discutir a Revisão Geral Anual (RGA). As negociações avançaram e o Executivo propôs trazer o pagamento da primeira parcela de 2017 para este ano fiscal. Essa e outras sugestões discutidas serão apresentadas formalmente na próxima terça-feira (20) pela equipe técnica ao Fórum para que sejam levadas às bases das categorias.

Estavam presentes na reunião desta quarta-feira os secretários Gustavo de Oliveira (Fazenda), José Adolpho Vieira (Casa Civil) e Júlio Modesto (Gestão) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho.

Pela nova proposta apresentada pela equipe econômica do governo, a primeira parcela da RGA de 2017 será lançada na folha salarial de novembro, a ser paga no dia 10 de dezembro. Na proposta anterior, o percentual seria incluído na folha de janeiro de 2018.

a segunda parcela, prevista para ser paga no mês de abril de 2018, poderá ser antecipada para março caso a arrecadação no segundo semestre de 2017 tenha um aumento efetivo de 10% em relação ao que está projetado para o período.

“A antecipação poderá ser feita se conseguirmos avançar no esforço fiscal da receita estadual própria, tendo em vista que ainda precisamos estar muito atentos ao comportamento da economia no Estado e no país neste ano de 2017”, explica o secretário de Fazenda, Gustavo de Oliveira.

O pagamento da terceira parcela, prevista para ser paga em setembro de 2018, também poderá ser antecipada, mas com a mesma condicionante de aumento da receita própria. Nesse caso, a parcela poderá ser adiantada para o mês de maio, se o crescimento da arrecadação chegar a 15% no segundo semestre de 2017.

Os percentuais das três parcelas foram ajustados, sendo duas para 2,19% e a terceira para 2,20% atendendo à solicitação do Fórum Sindical. O objetivo é zerar a cumulatividade dos cálculos dos juros sobre juros. Na proposta inicial do governo seriam pagas duas parcelas de 2,15% cada, e uma de 2,14%.

“Estamos fazendo compromissos levando em conta a maior garantia para que que possamos cumpri-los, como temos feito desde o início do primeiro ano da gestão do governador Pedro Taques”, reafirma Oliveira.

No encontro desta quarta-feira também ficou definido que a RGA de 2018 e retroativos das perdas inflacionárias serão discutidas na reunião de terça-feira da próxima semana.

A quinta parcela da RGA de 2016 a ser paga no mês de junho também foi ajustada de 1,74% para 1,96%.

Compartilhe! 
Comentários
ATENÇÃO! Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do CALDEIRÃO POLÍTICO. Evite comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, os comentários serão moderados. O CALDEIRÃO POLÍTICO poderá retirar, sem prévia notificação ou aviso, comentários postados que não respeitem estes critérios.
Outras Notícias
POLÍCIA MILITAR
26/06/17 - 11:13 - Governo de MT confirma mais mudanças no comando da PM
CUIABÁ
25/06/17 - 11:03 - Humanização dos serviços de saúde pode ser o diferencial de Emanuel Pinheiro
GRAMPOS
24/06/17 - 08:37 - Em nota, governo de MT diz que coronéis presos gozam da total confiança
TROCA DE COMANDO
23/06/17 - 17:39 - Pedro Taques troca comanda da PM após vazamento de prisões de militares em MT
MATO GROSSO
23/06/17 - 09:45 - Governador recebe demanda de vereadores e apresenta ações em Cuiabá
POLÍCIA MILITAR
GRAMPOS
TROCA DE COMANDO
NOMEAÇÕES
CASA DE HORRORES
OBRAS VIÁRIAS
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
GREVE DESCARTADA
CEREAL
OPINIÃO

Prioridade especial a idosos com mais de 80 anos vai à sanção presidencial

Reforma trabalhista deve ser votada na CCJ dia 28 de junho

LULA SERÁ CONDENADO A 22 ANOS

"Momento político do país é inadequado para nova lei de abuso de autoridade"

Valtenir fala em reposicionamento do PSB e avisa que impedirá traições

PIB agrícola deverá crescer 9,6% em 2017

SAFADEZA NA POLÍTICA NÃO É INVENÇÃO BRASILEIRA

 
Início   |   Expediente   |   Envie sua sugestão   |   Fale Conosco
Todos os Direitos Reservados para o Caldeirão Político
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil