Página Inicial   |   Expediente   |   Anuncie   |   Fale Conosco
Busca:  
Terça-Feira, dia 27 de Junho de 2017
Mato Grosso   |   Brasil   |   Mundo   |   Executivo   |   Legislativo   |   Judiciário   |   Geral   |   Cidades   |   Concursos   |   Eventos&Negócios   |   Caldeirão Jurídico   |   Aeroportos   |   Meteorologia   |   Malagueta   |   Vídeos
Terça-Feira, dia 27 de Junho de 2017
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
INFLAÇÃO
Inflação do aluguel cai 0,93% e acumula alta de 1,57% em 12 meses
30/05/17 - 08:45
Por: Agência Brasil

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) apresentou variação negativa de 0,93% em maio, após um recuo de 1,10% em abril e uma alta de 0,82% em maio do ano passado. No acumulado desde janeiro, a taxa caiu 1,29%. Já em 12 meses, há uma elevação de 1,57%, resultado que serve de base para o cálculo da renovação dos contratos do aluguel e para outros tipos de contratos.

A pesquisa foi feita pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) com base na variação de preços coletados entre 21 de abril e 20 de maio em três componentes: o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) com recuo de 1,56% ante uma queda de 1,77%; o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) que passou de 0,33% para 0,29% e , em maio, ante 0,33%, e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) com alta de 0,13% após uma baixa de 0,08% em abril.

Recuo das commodities

No grupo do IPA, a principal influência para a queda na média dos preços partiu das commodities (produtos com cotação no mercado internacional) com recuo de 5,26% ante uma variação negativa de 5,22% em abril. Os destaques foram minério de ferro (de -5,24% para -18,20%), cana-de-açúcar (de 0,11% para -3,86%) e leite in natura (de 3,68% para 0,93%).

No período, ocorreu elevação da soja (em grão) (-9,38% para 3,25%); dos bovinos (de -2,79% para 0,33%) e, no caso do milho (em grão), há um movimento de recuperação de preços. A cotação deste grão teve uma redução média de 6,13%, taxa que é bem menos expressiva do que a de abril (-14,52%)

Em relação ao IPC, quatro das oito classes de despesa tiveram decréscimos e a principal colaboração foi constatada em alimentação (de 0,90% para -0,13%). Já o INCC indicou uma reversão com taxa de 0,13% ante uma diminuição de 0,08%, refletindo o custo da mão de obra em 0,27% após ter apresentado estabilidade, em abril.

Compartilhe! 
Comentários
ATENÇÃO! Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do CALDEIRÃO POLÍTICO. Evite comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, os comentários serão moderados. O CALDEIRÃO POLÍTICO poderá retirar, sem prévia notificação ou aviso, comentários postados que não respeitem estes critérios.
Outras Notícias
PIB
26/06/17 - 10:57 - Mercado financeiro reduz projeção de crescimento da economia para 0,39%
EXPORTAÇÃO
24/06/17 - 09:24 - Produtores temem que embargo à carne brasileira afete acesso a novos mercados
INFLAÇÃO EM QUEDA
23/06/17 - 11:21 - Prévia da inflação oficial em junho é a menor para o mês desde 2006
MAGGI VAI AOS EUA
23/06/17 - 09:18 - Governo americano suspende importações de carne fresca do Brasil
AVANÇO DA COMERCIALIZAÇÃO
22/06/17 - 17:58 - ESALQ: Preços do frete rodoviário tiveram retração em maio
PIB
INFLAÇÃO EM QUEDA
INFLAÇÃO PREVISTA DE 3,8%
ÍNDICE DO ALUGUEL
ECONOMIA
IGP-10 EM QUEDA
INFLAÇÃO
INFLAÇÃO DO ALUGUEL
INFLAÇÃO EM QUEDA

Prioridade especial a idosos com mais de 80 anos vai à sanção presidencial

Reforma trabalhista deve ser votada na CCJ dia 28 de junho

LULA SERÁ CONDENADO A 22 ANOS

"Momento político do país é inadequado para nova lei de abuso de autoridade"

Valtenir fala em reposicionamento do PSB e avisa que impedirá traições

PIB agrícola deverá crescer 9,6% em 2017

SAFADEZA NA POLÍTICA NÃO É INVENÇÃO BRASILEIRA

 
Início   |   Expediente   |   Envie sua sugestão   |   Fale Conosco
Todos os Direitos Reservados para o Caldeirão Político
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil