CABRAL É CONDENADO
Moro condena Cabral a mais de 14 anos de prisão
Por: Redação

 

O juiz Sérgio Moro condenou o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, em uma ação da Lava Jato no Paraná, a 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Cabral poderá recorrer, mas deve responder preso, de acordo com a sentença.

A decisão foi publicada no sistema eletrônico da Justiça Federal nesta terça-feira (13).

Na mesma ação foram absolvidas por falta de provas a esposa de Cabral, Adriana Ancelmo, e Mônica Carvalho, esposa de Wilson Carvalho.

Carlos Emanuel de Carvalho Miranda - sócio do ex-governador Sérgio Cabral - foi condenado por corrupção passiva e quatro crimes de lavagem de dinheiro a 12 anos de reclusão.

Wilson Carlos Cordeiro de Silva Carvalho - secretário do governo do Rio de Janeiro durante a gestão de Cabral - foi condenado a dez anos e oito meses de reclusão por corrupção passiva e dois crimes de lavagem de dinheiro.

Impresso a partir do site www.www.caldeiraopolitico.com.br