Domingo, 20 de Agosto de 2017

O FIM DE AÉCIO NEVES | Caldeirão Político

Malagueta

Sábado, 03 de Junho de 2017, 06h:00

ACABADO E DESMORALIZADO

O FIM DE AÉCIO NEVES

Redação

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou, ontem, ao Supremo Tribunal Federal, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pelos crimes de corrupção passiva e obstrução da Justiça. Também foram denunciados, mas somente por corrupção passiva, a irmã de Aécio, Andrea Neves; o primo, Frederico Pacheco; e o ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrela (PMDB-MG), Mendherson Souza Lima. A denúncia é baseada nas investigações da Operação Patmos, em razão da qual Aécio foi afastado do mandato parlamentar, e Andrea Neves, Pacheco e Souza Lima foram presos. Eles foram citados nas delações premiadas de executivos da JBS.

Janot pediu também que Aécio e Andrea Neves sejam condenados a pagar R$ 6 milhões, dos quais R$ 2 milhões são o valor da propina. Os outros R$ 4 milhões dizem respeito a danos morais, uma vez que houve “lesões à ordem econômica, à administração da justiça e à administração pública, inclusive à respeitabilidade do parlamento perante a sociedade brasileira”. Além disso, confirmada a condenação, o procurador-geral solicita que seja decretada a perda do cargo de senador.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO