Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

Fachin pediu discrição sem uso de algemas | Caldeirão Político

Malagueta

Domingo, 10 de Setembro de 2017, 14h:32

PRISÃO DE JOESLEY

Fachin pediu discrição sem uso de algemas

Redação

Carlos Moura/SCO/STF

O relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, determinou que a polícia federal fosse discreta e não utilizasse algemas pao cumrir o decreto de prisão contra o dono da J & F, Joesley Batista e do ex-executivo do grupo Ricardo Saud.

"O cumprimento dos mandados deve ocorrer com a máxima discrição e com a menor ostensividade. Deverá a autoridade policial responsável pelo cumprimento das medidas tomar as cautelas apropriadas, especialmente para preservar a
imagem dos presos, evitando qualquer exposição pública. Não se tratando as pessoas em desfavor de quem se impõe a presente medida, de indivíduos perigosos, no sentido físico, deve ser evitado o uso de algemas" determinou Fachin.

Clique no linka abaixo para ler a íntegra do decreto de prisão:

 

Anexos:

  • decreto de prisão de Joesley AC4352.pdf (Download)

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO