Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018

Nacional
Terça-Feira, 12 de Junho de 2018, 06h:54

PF NA RUA

Cristiane Brasil é alvo da PF na operação Registro Espúrio

Segundo a PF, deputada fica proibida de frequentar o Ministério do Trabalho

Redação

Divulgação

Cristiane Brasil (PTB)

 A Polícia Federal deflagrou hoje (12/6) a segunda fase da Operação Registro Espúrio, com o objetivo de aprofundar as investigações a respeito de organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho.

Policiais Federais cumprem três mandados de busca e apreensão, expedidos pelo STF, em Brasília e Rio de Janeiro, referentes a uma parlamentar investigada por suposta participação nos fatos apurados.

Desde o início da manhã a PF cumpre mandados nos endereços da deputada Cristiane Brasil, filha do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. A deputada foi indicada pelo presidente Michel Temer para ministra do Trabalho, mas teve que mudar de ideia depois de denúncias e forte reação popular contrária a sua nomeação.

Além das buscas, a pedido da Policia Federal e da PGR, serão impostas medidas cautelares consistentes em proibição de frequentar o Ministério do trabalho e de manter contato com os demais investigados ou servidores do Ministério. 

Em nota, a asessoria de Cristiane Brasil disse que a deputada foi surpreendida pela operação e que espera que os fatos sejam esclarecidos em breve. Segundo o texto, a deputada não tem papel nas decisões tomadas pelo Ministério do Trabalho. “Espero que as questões referentes sejam esclarecidas com brevidade e meu nome limpo”, diz Cristiane Brasil.

A primeira fase da Operação Registro Espúrio foi deflagrada em 30/05/2018 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO