Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019

Mato Grosso
Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 07h:14

CÂMARA DE CUIABÁ

Aluguel fantasma: Vereadores pedem cassação do prefeito Emanuel Pinheiro

Jô Navarro

Vereadores cobram explicações do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro

Hoje às 11h os vereadores que fazem oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro apresentam pedido de cassação do gestor.

Diego Guimarães, Abilio Junior, Dilemário Alencar, Felipe Wellaton e Marcelo Bussik pedem a cassação do prefeito com base no aluguel 'fantasma' de um imóvel na Avenida Getúlio Vargas, onde deveria ser instalada a sede da SEC 300. O imóvel, que está sem condições de uso, sem piso, com o forro caído e fiação pendurada, custa aos cofres públicos R$ 9 mil.

A locação, com Dispensa de Licitação, tramitou em regime de urgência a pedido do então secretário da SEC 300, Junior Leite.

Ontem, em entrevista a um site de Cuiabá, o vereador Abilio Junior comparou Emanuel Pinheiro e Junior Leite ao ex-governador Silval Barbosa e Eder Moraes, respectivamente. Junior Leite, que foi assessor de gabinete na Assembleia Legislativa, leva atualmente uma vida abastada, aparentemente incompatível com o salário de secretário municipal de Comunicação. Goza da confiança irrestrita do prefeito Emanuel.

A SEC 300, por sua vez, é responsável pelo fiasco da festa dos 300 anos de Cuiabá, a ser comemorado no dia 8 de abril. A secretaria está na mira dos órgãos de fiscalização.

Leia também:

Denúncias de improbidade complicam a vida de Emanuel Pinheiro

SEC 300 protocolou licitação de Produtora Executiva 23 dias antes do evento

SICOM ESTÁ INADIMPLENTE E QUER CONTRATAR SEM LICITAÇÃO

1 COMENTÁRIO:

Ladrão esse secretário Junior Leite, todo mundo sabe .
enviado por: leonardo em 28/03/2019 às 08:51:03
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO