Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018

Internacional

Sábado, 21 de Abril de 2018, 07h:53

COREIA DO NORTE

Kim Jong-un suspende testes com mísseis nucleares

KCNA EFE

Kim Jong-un discursa durante a Conferência de Presidentes dos Comitês do partido.

líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, anunciou a suspensão dos testes nucleares e de mísseis de seu país, bem como o fechamento de instalações de testes atômicos, indicou neste sábado a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

"A partir de 21 de abril, a Coreia do Norte interromperá os testes nucleares e os lançamentos de mísseis balísticos intercontinentales", informou Yonhap citando a agência de notícias norte-coreana KCNA. "O Norte fechará instalações de testes nucleares no norte do país para demonstrar sua promessa de suspender os testes nucleares", acrescentou a mesma fonte. O líder norte-coreano disse em comunicado que seu país não precisa mais realizar testes nucleares ou de mísseis balísticos intercontinentais, porque concluiu o processo de obtenção de armas nucleares.

No próximo 27 de abril está agendada uma reunião entre o presidente sul-coreano, Moon Jae In, e Kim Jong-un, com o principal objetivo de definir um local adequado para discutir a desnuclearização da Península Coreana, algo com que Kim se prometeu em março durante sua reunião em Pequim com o presidente chinês Xi Jinping.

A Casa Branca disse no final de março que a situação na Coreia do Norte "está se movendo na direção certa" após o encontro entre Kim e Xi. O líder norte-coreano e o presidente dos EUA, Donald Trump, devem se reunir no final de maio ou início de junho, embora não haja data para a cúpula neste momento. Trump confirmou na quarta-feira que o diretor da CIA, Mike Pompeo, se reuniu na semana passada em Pyongyang com o líder da Coreia do Norte. "A reunião foi muito boa e um bom relacionamento foi formado", disse ele.

Trump celebra notícia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considerou hoje "muito boa notícia" a decisão da Coreia do Norte de suspender seus testes nucleares e de mísseis, e disse esperar ansiosamente pelo encontro do líder norte-coreano, Kim Jong-un, agendada para maio ou junho.

Trump também disse que houve "grandes progressos" no diálogo com Pyongyang e demonstrou sua alegria pela suspensão dos testes nucleares e de mísseis, bem como pelo fechamento do centro de testes nucleares que a Coraia do Norte tem no nordeste do seu território.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO