Sábado, 22 de Setembro de 2018

Executivo

Quarta-Feira, 03 de Maio de 2017, 11h:41

NO PRÓXIMO SÁBADO

Pedro Taques assina ordem de serviço para construção da ZPE de Cáceres

Redação

O governador Pedro Taques assina, no próximo sábado (06.05) a ordem de serviço para construção da Zona de Processamento de Exportação de Cáceres (ZPE). A iniciativa é aguardada há mais de duas décadas pelos mato-grossenses e é baseada nos moldes de isenção fiscal da Zona Franca de Manaus, que atrai indústrias de todo o mundo.  

Segundo Taques, o Governo trabalhou com afinco para transformar este sonho em realidade. “A ZPE começou a ser um sonho no dia 06 de março de 1990, ainda no Governo Sarney, lá para trás, ainda no Governo Carlos Bezerra (em MT). Desde lá, tentativas foram realizadas e nada se concretizou. Quando nós assumimos o Governo, tivemos uma meta, um foco: o de fazer o processo licitatório e construir a sede da ZPE, para que ela possa finalmente funcionar”, enfatizou ele, dizendo que esse empreendimento vai abrir um novo momento na região Oeste do estado.

A notícia de que a zona aduaneira começará a ser construída em Mato Grosso foi comemorada pelo prefeito de Cáceres, Francis Maris. Segundo ele, o complexo vai alavancar e fomentar a competitividade industrial do estado, além de gerar empregos durante o período de obras. “A prefeitura recebe a notícia com muita alegria, porque nosso maior objetivo é salvar as indústrias no estado, para que possamos ser competitivos nacional e internacionalmente. Não esquecendo os mais de 100 empregos diretos que serão ofertados durante os dois anos de obras”.

O presidente da Administradora da Zona de Processamento de Exportação de Cáceres (AZPEC), Pedro Lacerda, também se mostrou otimista com o início das obras da ZPE. “Aqui, apesar de ser um projeto menor que a Zona Franca de Manaus, também vai trazer para o estado empresas de várias partes do mundo. Nesse momento de crise, será um fator de muito desenvolvimento”, ressaltou.

A ZPE de Cáceres será construída pela empresa Primus Incorporação e Construção Ltda. em uma área de 239,68 hectares, dividida em cinco módulos. O espaço terá capacidade de abrigar 230 indústrias, principalmente das áreas de agronegócio e alimentação. Entre as obras previstas na primeira fase dos trabalhos estão o prédio administrativo da ZPE, um restaurante, o bloco da Receita Federal, um pátio de manobra, além da guarita principal de pedestre, guarita principal de veículos, guarita secundária de veículos e um galpão. Também estão previstas a construção da rede de água, uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), drenagem, além de estações elétricas.

As ZPE’s são distritos industriais que possibilitam a comercialização de mercadorias com isenção fiscal. A escolha de Cáceres para a construção da zona aduaneira deve-se à localização estratégica, que possibilita o transporte dos produtos via Oceano Pacífico.

Governador Pedro Taques durante lançamento do edital de licitação da ZPE, em Cáceres

 Governador Pedro Taques durante lançamento
do edital de licitação da ZPE, em Cáceres
 Foto por: Maria Anffe/Gcom-MT

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO